PM recupera baterias de uso restrito de operadoras de telefonia

COMPARTILHAR:

No começo da noite desta quinta-feira (25), policiais do batalhão de Radiopatrulha prenderam em flagrante uma mulher suspeita de receptação qualificada em um ferro velho de Maceió – AL. Eles compraram baterias de torres de celular que haviam sido roubadas de uma empresa de telefonia.

Um técnico da Oi entrou em contato com a Polícia Militar após rastrear as baterias por sinal de GPS, onde foi possível verificar sua localização exata, no caso um ferro velho localizado no bairro do Tabuleiro dos Martins. Ao chegar no local os policiais encontraram as 16 baterias avaliadas em R$ 8 mil.

Segundo a proprietária do estabelecimento, Aldinete Pontes da Silva, 46 anos, o material fora comprado por R$ 610 por um indivíduo desconhecido e, sendo assim, alegou desconhecer que o material era produto de furto.

Segundo os policiais, esse tipo de roubo é comum, sendo uma das principais causas da falha no sinal dos aparelhos celulares. Caso falte energia na torre e ela esteja sem as baterias, o serviço de telefonia é interrompido. Afirmaram ainda, que essas baterias são muito procuradas por pessoas que utilizam aparelhos de som potentes em veículos. A suspeita foi encaminhada para a Central de Flagrantes, no bairro do Farol, onde foi autuado por receptação qualificada.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários