Operadoras parecem que estão finalmente rumo ao 4G

Em janeiro de 2013 algumas operadoras brasileiras já deverão estar com ofertas comerciais de smartphones 4G, o que na teoria pode significar uma velocidade 100 vezes maior que a do 3G atual. A aposta é da Ericsson, que acredita que no máximo oito meses depois de realizado o leilão das licenças da faixa de frequência de 2,5 GHz essa nova oferta se tornará uma realidade no País. O gerente de desenvolvimento de mercado da Ericsson, Gil Odebrecht, diz que a fábrica da companhia no Brasil está preparada para produzir equipamentos 4G. “É perfeitamente factível que até a Copa das Confederações o Brasil esteja com essa tecnologia no mercado”, diz. Isso, claro, se o leilão de fato acontecer em maio, conforme está previsto pela Anatel. A mesma rapidez não se sabe ainda se será possível alcançar com relação às antenas. 

O SindiTelebrasil, que representa as operadoras, informou que irá apresentar ao governo federal um projeto de lei propondo a criação de uma legislação federal única para a instalação das ERBs. A ideia é unificar as distâncias, já que hoje alguns municípios exigem 15 metros entre a base de sustentação de antenas e os imóveis vizinhos e outros pedem 100 metros. Vale lembrar que o 4G utiliza frequências mais altas, que têm menor alcance, o que demandará um número ainda maior de ERBs para a cobertura dos serviços.

A SKY tem o plano ideal para a sua TV! Aproveite já com 50% de desconto no primeiro mês. Ligue 0800 123 2040.


COMPARTILHAR EM:

About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários