Operadoras esquecendo telefonia

COMPARTILHAR:

As promessas de comunicação ilimitada, a qualquer hora e em qualquer lugar, são unânimes entre todas as operadoras de telefonia móvel que obtiveram concessões para atuar em Alagoas. Mas, como mostrou a reportagem de Severino Carvalho da Gazeta os problemas se repetem em diversos municípios do Litoral Norte de Maceió.

Levando em conta a reportagem feita pela imprensa da região Alagoana o Portal #Minha Operadora entrou em contato com as assessorias de comunicação que respondem pelas operadoras TIM, Vivo, Oi e Claro. Das quatro, apenas Vivo e Oi se pronunciaram sobre o assunto.

A Vivo afirma que atua em Alagoas há mais de três anos e que sua cobertura está presente em 56 municípios. “Destes, 40 são atendidos com tecnologia de terceira geração (3G), o que representa, aproximadamente, 73% da população do Estado”, afirmou a assessoria de comunicação da operadora. Ainda segundo ela, a Vivo possui cerca de 300 mil clientes em Alagoas, que contam com uma cobertura de 188 antenas distribuídas pelo território.

Já a assessoria da Oi afirmou que a operadora realizou investimentos da ordem de R$ 300 milhões em toda a sua rede de telefonia móvel. “Estes investimentos permitiram a instalação de novos sites 2G e 3G e a ampliação da cobertura em todo o País”, afirmou a assessoria de comunicação da Oi. Quando questionada sobre a quantidade de antenas disponíveis em Alagoas, a empresa não respondeu.

Enquanto as operadoras investem milhões para expandir a cobertura relativa à internet e TVs a cabo, a população dos municípios mais afastados do Estado pararam no tempo em que só se podia contar com os telefones fixos.
About Redação Minha Operadora
Um dos principais sites de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil e do mundo. Mais de 10 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas lidas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários