sábado, 4 de novembro de 2017

TIM lidera perda de clientes em setembro e Nextel se destaca

O que você achou? 
Setor de telefonia móvel perde quase 10 milhões de linhas em 12 meses e apenas a Nextel apresenta saldo positivo no mês de setembro.

Nesta sexta-feira, 3, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou os dados de telefonia móvel referentes ao mês de setembro deste ano. Foram registradas 241.062.955 linhas móveis em operação.

O serviço de telefonia celular apresentou uma queda em relação a agosto, com a perda de 1.104.549 acessos (-0,46%). Nos últimos doze meses, houve uma queda de 3,97%, no período quase 10 milhões de linhas foram canceladas

Do total de telefones móveis, 156.342.200 são pré-pagos e 84.720.755 são pós-pagos. Em relação a agosto, houve uma redução das linhas pré-pagas, com uma perda de 2.140.769 unidades (-1,35%) e um crescimento de linhas pós-pagas, com um aumento de 1.036.220 (1,24%).

Nos últimos 12 meses, houve uma redução de linhas móveis pré-pagas (18.112.975 / -10,38%). Em compensação, as linhas móveis pós-pagas aumentaram: 8.147.518 / 10,64%.

Comparativo entre as operadoras

Na comparação com o mês de agosto, apenas a Nextel obteve aumento na base de clientes, com a adição de  25.785 novas linhas (2,68%). Do outro lado estão Vivo, com menos 9.076 linhas (-0,01%); Claro, com redução de 59.937 acessos (0,10%); Algar Telecom com menos 2.293 celulares (-017%); Oi, com perda de 114.418 linhas (-0,27%), e TIM, com redução de 963.296 linhas (1,60%).

Entre as operadoras móveis virtuais (MVNOs), a Datora teve um aumento de 5.000 linhas (2,68%) e a Porto Seguro Conecta adicionou 12.915 novas linhas (2,28%). Curiosamente, os maiores aumentos no período.

Confira abaixo o gráfico e o ranking completo com os números das seis maiores operadoras móveis do país em setembro:



1. Nextel (2,68%)
2. Vivo (-0,01%)
3. Claro (-0,10%)
4. Algar Telecom (-0,17%)
5. Oi (-0.27%)

LEIA TAMBÉM:


5 comentários:

  1. A careira da Vivo é a que menos perde linhas... só pode ser por causa da cobertura!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza que é...a vantagem da Vivo é que praticamente em todo lugar tem 3G ou 4G. A Tim melhorou demais a sua cobertura, principalmente 4G (deve chegar a 3000 cidades cobertas no fim do ano), o que é muito bom. Apesar disso ainda tem gente que acredita que a cobertura é ruim, vai entender. Mas ela tá perdendo muitos clientes porque resolveu focar somente no pós-pago, o que foi equivocado na minha visão.

      Excluir
    2. Com planos que dão até 8GB mensais por R$40 no pré frente a planos pós-pagos com 5GB mensais por R$99 como é que ela tá focando só no pós-pago?

      Excluir
  2. A VIVO é cara mas funciona e o que fica na cabeça e na percepção das pessoas, principalmente fora dos grandes centros urbanos! A TIM acordou, mas infelizmente um pouco tarde a meu ver; sou cliente deles a quase 10 anos e de fato, a operadora melhorou muito, mas demorou a investir em infraestrutura e agora corre atrás, mas vê sua base, grande maioria pré-pago, se esvair, visto que hoje não é preciso se ter mais de 01 chip! Sou cliente TIM e estou muito satisfeito, mas moro em Uberlândia - MG e aqui não tenho problemas! Vai saber agora quem mora nos rincões!

    ResponderExcluir
  3. Gráfico mal feito por esconder a base zero. Fica parecendo, se vc passa o olho rápido, q a Vivo ganhou clientes (barra acima da linha de -10 mil).
    Pode parecer besteira, mas entendo que vcs poderiam ter mais zelo com a apresentação da informação.

    ResponderExcluir