quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Comunicador WhatsApp pode ser suspenso no Brasil

O que você achou? 
O WhatsApp é uma das ferramentas de comunicação mais utilizadas pelos brasileiros.

Existe um inquérito na delegacia de proteção a criança e ao adolescente, e a delegacia precisou de informações contidas no WhatsApp para ajudar no caso e o aplicativo se negou a dar, e não foi só uma solicitação foram vários pedidos negados.

Então um juiz de Teresina, no Piauí, determinou que as operadoras de telefonia móvel e os provedores de infraestrutura, backbones (que conecta o Brasil a internet) bloqueassem o acesso ao WhatsApp em até 24 horas em todo o Brasil.

O responsável pela decisão é o juiz Luiz Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina. Ainda não se sabe por quanto tempo o serviço deve ficar fora do ar.

Esse processo já corria em segredo de justiça desde 11 de fevereiro. A decisão foi baseada nos artigos 11 e 12 do Marco Civil da Internet, que abrangem a responsabilidade dos provedores de internet e aplicativos - ainda não foram regulamentados, e não são válidos enquanto isso não for definido e um decreto presidencial para confirmar.

Se quando nós mandávamos aquelas piadas sem graça no WhatsApp de que iríamos ficar sem o aplicativo já ficávamos assustados, agora a probabilidade é muito maior de que isso ocorra. Porém, há uma chance mínima de que o processo seja cassado.

Por Hugo Felipe Souza Cruz (via Minha Escrita) - Escreva também e ganhe dinheiro!

                         TIM lança plano em parceria com o WhatsApp

4 comentários:

  1. Poderia ser suspenso e excluído de todas as lojas de apps, que não faria diferença alguma na minha vida. Porque não possuo esse lixo, e tbm porque tenho coisas mto mais interessantes para fazer do que me preocupar com a suspensão.

    Mas no Brasil é assim, onde há fumaça NÃO HÁ FOGO!

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Não, e se estivesse, não seria da sua conta.
      Simples assim!!

      Excluir
  3. Ui, ela se doeu rsrsrsrs
    #CaiFora

    ResponderExcluir