terça-feira, 8 de abril de 2014

Clientes Vivo ficam sem sinal de internet 3G em Santos nesta segunda

O que você achou? 
Conforme foi apurado, aproximadamente 100 mil usuários ficaram sem o serviço no momento da pane.

Os clientes da Vivo na Baixada Santista voltaram a ter problemas com a operadora de telefonia móvel. Na manhã desta segunda-feira (07), moradores de Santos e Praia Grande foram afetados e ficaram sem o serviço de internet 3G.

Esta não é a primeira vez que uma pane da Vivo causa prejuízos aos clientes da região. Usuários vêm sofrendo com os serviços prestados pela empresa desde 11 de dezembro do ano passado, quando uma pane geral no sistema de telefonia afetou assinantes de toda a área DDD 13. Nesta manhã, restaurantes e outros comércios ficaram sem internet e não conseguiram finalizar os pagamentos com cartões de débito e crédito.

E não foram só os donos de estabelecimentos foram lesados. A advogada Alessandra Kauer Sant'Anna Umehara conta que teve o trabalho prejudicado por conta da falta de sinal de internet no aparelho celular.

"Estava no Fórum Trabalhista de Santos, aguardando resposta de uma empresa sobre um acordo, e tive dificuldade porque não consegui contato pelos aplicativos de mensagem instantânea. Não conseguimos fazer o acordo durante a audiência (em função disso)".

Resposta 

Procurada, a Telefônica/Vivo informou que, ''desde as 14h05, encontra-se normalizado o serviço de internet móvel dos clientes de Santos e Praia Grande''. Segundo a empresa, nesta segunda-feira, usuários passaram a encontrar dificuldades de conexão com a internet a partir das 9h10, devido ao rompimento de cabo de fibra óptica.

''Assim que o problema foi detectado, equipes técnicas trabalharam ininterruptamente para normalização do serviço no menor prazo possível. A empresa mantém a Central de Atendimento 10315 para serviços fixo e *8486 e 1058 (a partir do telefone fixo), serviços móvel, que funcionam 24 horas 7 dias por semana''.

Advertência

Mesmo depois de ter resolvido o problema, a Vivo foi notificada pela prefeitura de Santos por conta de novos prejuízos que os moradores da cidade sofreram em relação aos serviços da empresa.

De acordo com o Cidoc (Centro de Informação, Defesa e Orientação ao Consumidor), órgão que fez a notificação, a empresa tem 10 dias para se manifestar. Caso contrário, será lavrada uma sanção pecuniária. “Notificamos a Vivo para que preste esclarecimentos sobre o ocorrido. O objetivo é reparar os prejuízos causados aos cidadãos”, afirmou Rafael Quaresma, coordenador do Cidoc, órgão ligado à Secid (Secretadria de Defesa da Cidadania).

Nenhum comentário:

Postar um comentário