18/06/2024

Vivo leva Pabllo Vittar para Parada do Orgulho LGBT+; saiba quando e onde

Pelo terceiro ano consecutivo, a Vivo é patrocinadora da Parada do Orgulho LGBT+ a cantora Pabllo Vittar.

Pelo terceiro ano seguido, a Vivo patrocina a Parada do Orgulho LGBT+ de São Paulo e traz a cantora Pabllo Vittar para a Avenida Paulista. A empresa, que valoriza a tecnologia como ferramenta de transformação social e tem um forte histórico em diversidade e inclusão, reforça seu compromisso com um dos maiores eventos LGBTQI+ do mundo, que espera atrair milhões no dia 2 de junho.

Pabllo Vittar

Marina Daineze, diretora de Marca e Comunicação da Vivo, afirmou que a companhia sabe da importância de lutar e celebrar conquistas em diversidade e inclusão.

“Sabemos a importância dos momentos de lutas, mas também de celebrar as conquistas, especialmente quando se trata de diversidade e inclusão. Nesta Parada, queremos que o público venha comemorar e viver esse orgulho na Paulista. Com a Pabllo em nosso trio, uma das principais vozes LGBT+ do Brasil e um dos grandes nomes da música nacional, esperamos contribuir para dar ainda mais brilho a essa importante manifestação da alegria dentro da diversidade”.

Na Paulista, o trio elétrico da Vivo terá mais de 20 metros de extensão, trazendo muito brilho à Avenida e simbolizando um compromisso com a visibilidade e reconhecimento das diversas identidades da comunidade LGBTQI+. O evento convida todos a brilharem, reforçando o conceito “Eu Vivo esse orgulho”.

O glow púrpura começa com o bloco Agrada Gregos e tem como atração principal Pabllo Vittar, que apresentará seus maiores sucessos. Para reforçar o conceito nas redes sociais, a Vivo lançará uma nova versão de seu filtro temático no Instagram e contará com creators fazendo a cobertura em tempo real.

A companhia afirma que desde 2018, implementou um programa de diversidade focado em Gênero, LGBTI+, Raça e Pessoas com Deficiência. Para celebrar o mês do orgulho LGBTQI+, a empresa realizará uma live interna sobre LGBTI+ e carreira, como parte da Jornada da Diversidade.

O grupo interno Vivo Pride terá uma reunião especial para discutir temas relevantes para a comunidade. A empresa promove um ambiente aberto e inclusivo, refletido no aumento de colaboradores trans, passando de 20 em 2020 para mais de 100 em 2023. Sinalizou os banheiros para uso de acordo com a identidade de gênero e permite que colaboradores trans usem seus nomes sociais nos crachás e e-mails.

A Vivo também afirma é a primeira do setor de telecomunicações a integrar o Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+ e aderiu aos Padrões de Conduta para Empresas, combatendo a discriminação. Participa de movimentos como #MarcasAliadas e possui parcerias com Transempregos e Fórum de Direitos LGBTQI+.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários