23/05/2024

TIM quer ter 25% dos cargos de liderança ocupados por negros e pardos

Operadora compartilhou essa meta ao falar sobre os resultados de ESG da companhia em 2023 e os objetivos para os próximos anos.

A TIM estabeleceu metas ESG para os próximos três anos, visando nomear pretos e pardos para pelo menos 25% dos cargos de liderança, conforme revelado em seu Plano ESG 2024-2026 divulgado recentemente.

O plano também inclui o compromisso de tornar-se uma empresa “net zero” até 2040, eliminando as emissões de gases do efeito estufa em toda a cadeia de valor. Para atingir essa meta, a empresa pretende manter 100% do seu consumo de energia elétrica proveniente de fontes renováveis, incluindo suas próprias usinas de geração distribuída e a aquisição de energia no mercado livre, além de certificados de energia limpa (I-RECs).

A empresa estabeleceu novas metas, incluindo aumentar a diversidade racial na liderança e expandir a digitalização em áreas rurais do Brasil. A meta inicial de ter 40% de trabalhadores negros até 2025 foi superada em 2023, atingindo 41,4%.

Além disso, o objetivo é conectar 20 milhões de hectares em áreas rurais até 2026, não apenas para o agronegócio, mas também para escolas, postos de saúde e comunidades locais.

TIM compartilhou avanços neste setor em 2023

O relatório indica que a equidade de gênero está avançando, com 36,2% das lideranças sendo mulheres, superando a meta de 35% para 2025. A empresa também se compromete a manter selos e certificações relacionados à transparência, anticorrupção, proteção de dados e cibersegurança, além de permanecer em índices e rankings ESG do mercado financeiro.

Mario Girasole, VP de Assuntos Regulatórios e Institucionais da TIM, destaca a importância de integrar os princípios ESG em todas as áreas do negócio, incluindo produtos, serviços e cultura organizacional.

“ESG precisa ser transversal a todas as áreas do negócio, direcionando produtos e serviços, inserindo-se em nossa cultura interna e permeando toda a nossa cadeia produtiva”.

No ano passado, a TIM atingiu sua meta de cobrir todos os municípios brasileiros com sua rede 4G, alcançando também 16 milhões de hectares com 4G em áreas rurais, beneficiando 1,3 milhão de pessoas.

Em termos ambientais, a empresa superou sua meta de 100 usinas de energia renovável, produzindo mais da metade de seu consumo total de energia. Além disso, aumentou a eficiência energética em 160% no tráfego de dados e reduziu as emissões de gases do efeito estufa em 80%, mantendo desde 2021 um consumo total de energia limpa de 100%.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários