16/05/2024

Veja cidades que estão sem sinal de telefonia no RS; TIM é a mais afetada

Anatel disponibilizou um painel com dados atualizados da rede móvel no Sul do Brasil: TIM é uma das operadoras mais afetadas no serviço ao RS.

A rede da TIM encerrou o dia da última quinta, 9, com afetação total em 69 municípios, no Sul do país. A Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações, lançou nesta semana um painel para monitoramento do sinal das redes móveis na região. Esta localidade do país tem sido fortemente afetada com chuvas e inundações que tem levado a falha nos diversos tipos de serviços de comunicação.

Vale lembrar também que “afetação” diz respeito a não ter sinal de nenhum de serviço móvel.

Do dia 02 ao dia 09 de maio esse monitoramento da Anatel mostra uma certa instabilidade de algumas operadoras em recuperar os serviços. Veja abaixo o panorama geral das companhias e como tem se comportado até aqui.

Embora as cidades gaúchas sejam as mais afetadas até o início do mês de maio, algumas cidades de Santa Catarina, estado vizinho ao Rio Grande do Sul, também tem sofrido com os desastres ambientais/climáticos. Portanto, o portal tem dados de ambos estados.

Os locais com maior incidência falhas na rede de telecomunicação ainda são os gaúchos, porém há diversos municípios de SC que tem sofrido com essas questões. Sendo assim, nos relatórios detalhados, há dados dos dois estados.

A TIM é a operadora com mais instabilidade

Além do dado mais recente em relação a quinta-feira, que mostra da operadora TIM com afetação total em 69 municípios, os dados da Anatel revelam uma certa instabilidade na recupação do sinal da companhia.

No dia 04 de maio houve uma redução da afetação total para 92 municípios, enquanto no dia seguinte, 05 de maio, essa falha no serviço voltou a crescer. O número de locais sem sinal da TIM aumentou para 113.

Nesta quinta, a Vivo registrou 31 cidades com afetação total e a Claro 25. Em relação a oscilação de falta de sinal total, a Vivo mostrou uma irregularidade mais amena, enquanto a Claro demonstrou certa progressão, tendo poucos recuos ao longo dos últimos dias.

Detalhamento por cidades e operadoras

Além do panorama geral em relação às operadoras, a Anatel também disponibilizou uma tabela que mostra uma visualização de como estão as cidades da região Sul de acordo a falta de serviço móvel.

Nesta tabela é possível avaliar os dados de maneira mais minuciosa, olhando de acordo com as companhias, os estados, municípios, data da perda de de sinal e qual a proporção dessa falha de serviço, se é total ou parcial.

Há cidades sem nenhuma rede móvel

A afetação total em todas as operadoras também é um cenário atual. Ou seja, há locais que estão totalmente remotos, sem sinal de rede móvel de nenhuma companhia. Até ontem, este número estava em 13 municípios.

Nesta mesma página da agência de regulação também é possível acompanhar este dado.

Veja abaixo a lista das 13 cidades com afetação total, até a útima atualização da agência. A indicação das operadoras ao lado de cada cidade diz respeito a cobertura que há na região. Ou seja, só há serviço dessas operadoras em sua respectiva cidade.

PrestadoraUF AfetaçãoMunicípio
TIM E VIVORSAndré da Rocha
CLARO E TIMRSCanudos do Vale
CLARO E TIMRSColinas
CLARO E TIMRSCoqueiro Baixo
TIM E VIVORSDoutor Ricardo
TIM E VIVORSFagundes Varela
CLARO E TIMRSHerveiras
TIM E VIVORSIlópolis
TIM E VIVORSIvorá
TIM E VIVORSNova Roma do Sul
TIM E VIVORSProtásio Alves
TIMRSTunas
TIM E VIVORSVista Alegre do Prata

Roaming compartilhado

É importante ressaltar também, que desde o dia 02 de maio, seguindo as orientações da Anatel, por meio do Conexis (Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel, Celular e Pessoal), as operadoras concordaram com o roaming compartilhado.

Orentações do Conexis. Fonte: Reprodução. | Fazem parte do Conexis: Algar, Claro, Oi, Sercomtel, TIM e Vivo.

Ou seja, conforme a Anatel explica, nas regiões afestas pelas fortes chuvas e inundações está liberado o roaming compartilhado:”o serviço que permite ao cidadão se manter conectado com rede de outra prestadora quando a sua prestadora original sai do ar, de forma gratuita e, na grande maioria dos casos, sem necessidade de configurações no celular“.

Embora a reguladora destaque o acesso fácil ao roaming compartilhado, o Conexis compartilhou o modo de ativaro recurso, tanto no sistema Android, quanto no sistema iOS – dos celulares iPhone (como é possível conferir na foto acima).

A entidade ainda garante que “a facilidade do roaming estará ativa até que as prestadoras alcancem a recuperação dos serviços monitorados pela Agência”.

Alertas de emergência

A nova página da Anatel ainda tem um lembrete sobre os “Alertas de emergência”, que se tratam da conexão das operadoras com a defesa civil. Por meio desse canal, é possível receber alertas sobre situações emergenciais, mediante cadastro prévio.

Para saber mais sobre os alertas enviados no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, acesse o painel sobre o uso de ferramentas para notificações em caso de desastres. E para ter detalhes sobre os alertas de emergência, acesse a página “Notificação de Alertas de Desastres”.

Rede Fixa e mais

Mapa de monitoramento que a Anatel disponibilizou só mostra o panorama de serviço de rede móvel, tanto para internet quanto para telefonia. Porém, não há divulgações de registros de relatórios dos demais serviços de telecom.

Ou seja, não é possível acompanhar nesta nova página da agência como está a cobertura de rede fixa ou internet banda larga, por exemplo.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários