16/06/2024

Oi vai instalar WiFi com sinal aberto em abrigos no Rio Grande do Sul

Operadora Oi se comprometeu a ajudar na operação de ampliar conectividade no Rio Grande do Sul durante período de tragédias na região.

A Oi está instalando WiFi gratuito em abrigos no Rio Grande do Sul para facilitar a comunicação das pessoas afetadas pela tragédia climática e oferecer acesso à internet aos voluntários e órgãos públicos. Os abrigos podem contatar a empresa pelo e-mail [email protected] para autorizar a instalação dos equipamentos.

O projeto começou em Porto Alegre, no Ginásio da Brigada Militar, e será expandido para outros abrigos com suporte da Oi e da V.tal, empresa com grande infraestrutura de fibra óptica na região. O mapeamento está sendo coordenado com as autoridades municipais e estaduais.

A companhia afirma que está empenhada em garantir conectividade para seus clientes corporativos, órgãos públicos e serviços de emergência no Rio Grande do Sul.

O diretor de Operações da empresa, Gustavo Brambila, enfatizou que estão dedicados a manter a comunicação disponível, sendo responsáveis pela interconexão dos serviços de voz no estado e possuindo 24 mil links de dados atendendo redes corporativas em toda a região.

“Estamos trabalhando incansavelmente para colocar a infraestrutura da Oi a serviço do Rio Grande do Sul e manter a comunicação disponível”.

O head da Oi Fibra, Fabricio Bindi, afirmou que a prioridade da companhia é garantir a conexão à internet aos nossos clientes do RS.

“Nossa prioridade é também garantir a conexão à internet aos nossos clientes no Rio Grande do Sul, onde a companhia é a principal empresa de banda larga”.

Operação especial da Oi

Nos últimos 15 dias, a operação especial da Oi lidou com mais de 1.200 eventos para manter a comunicação entre os municípios. Em casos de isolamento devido a inundações, deslizamentos e incidentes em rodovias, como quedas de pontes, a empresa agiu rapidamente, criando rotas alternativas para restaurar a comunicação. Além disso, foram realizadas 300 ações para recuperar ou garantir serviços essenciais, assegurando atendimento à população.

A empresa está focada na manutenção das infraestruturas de energia e climatização em suas estações, além de garantir o suprimento de materiais, equipamentos, combustível e água. Essas estações são essenciais para serviços como banda larga, redes corporativas e governamentais, conectando o Rio Grande do Sul a outros estados via Florianópolis e Curitiba.

Mais de 400 intervenções foram realizadas em links de comunicação de dados, incluindo migrações, refiliações interestaduais e suporte a clientes afetados por inundações em infraestruturas e data centers.

A malha de fibra ótica da V.tal, utilizada pela Oi no Rio Grande do Sul, é uma das maiores do país, permitindo rápida conexão e restauração de serviços interrompidos. Essas redes, enterradas, submersas ou aéreas em vias de alta tensão, garantem robustez e confiabilidade.

A Oi adotou medidas emergenciais para seus clientes, incluindo postergação de faturas por 10 dias, isenção de cobranças e estabelecimento de uma ilha de atendimento dedicada no call center.

Além disso, a empresa está fornecendo suporte abrangente aos colaboradores e suas famílias no estado, incluindo benefícios extras no ticket alimentação, auxílio de medicamentos prolongado e ampliação do suporte psicológico. Também estão sendo oferecidos recursos financeiros adicionais e facilidades de crédito, além de ajustes na jornada de trabalho conforme necessário.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários