25/05/2024

Brisanet projeta atender todas as cidades nordestinas com 5G até 2028

Fortaleza é um dos focos atuais da empresa, e vai financiar 95 ERBs em comunidades e regiões periféricas da região metropolitana da capital.

Fortaleza pode ser tornar a primeira capital do Brasil a ter cobertura 5G em todas as residências, incluindo as periféricas. É o que promete a Brisanet e o Ministério das Comunicações (MCom) em cerimônia de lançamento do projeto Periferias Conectadas, que inclui também a linha de crédito de R$ 146 milhões que a empresa nordestina concedido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) com recursos do Fust.

Reprodução/Freepik

Com o investimento, é previsto que Fortaleza receba a universalização da banda larga fixa sem fio (FWA) baseada em redes 5G. Para isso, a Brisanet vai financiar 95 estações rádio base (ERBs) em comunidades e regiões periféricas da região metropolitana da capital, incluindo municípios próximos, Caucaia, Maracanaú e Maranguape.

Os recursos do Fust também poderão ser usados para a instalação de 50 mil roteadores FWA, o que permitirá o fornecimento da banda larga 5G/4G, usando links de rádio entre uma torre de telefonia e o domicílio do usuário.

“Eu já tinha ouvido falar muito bem da Brisanet. Ela ganhou para colocar 95 torres, mal acabou de aprovar o edital e já colocou 80 [ERBs]. No máximo um mês, toda a Grande Fortaleza vai ter 5G dentro de casa e isso é uma grande mudança”, afirmou presidente do BNDES, aloizio Mercadante.

A provedora já atua no mercado móvel com sua rede 5G, após arrematar os lotes no leilão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). E desde então, se dedica em antecipar em alguns anos a cobertura 100% da rede nos nove estados do Nordeste.

Em entrevista ao Diário do Nordeste, o CEO da Brasnet, José Roberto Nogueira, disse que “em dois anos, já estarão contemplados” os nove estados da região nordestina com a cobertura 5G na frequência de 3,5 GHz. Ele ainda projeta que todos os municípios nordestinos devem estar “praticamente 100%” com a banda larga até 2028.

Para Juscelino Filho, Fortaleza terá 100% de cobertura 5G ainda no próximo mês de julho. Ele diz que no Brasil, as grandes operadoras implementaram redes no chamado “filé” das capitais, onde “a conta para o privado é muito mais interessante”.

Nogueira completa que “Hoje, a periferia de Fortaleza e das cidades vizinhas tem a área com a melhor infraestrutura de conectividade do mundo. As empresas normalmente não querem [colocar 5G] nas periferias porque não tem viabilidade. Com o projeto do Fust, a gente conseguiu se viabilizar nessas áreas onde economicamente é bem desafiador“, contou.

O CEO da Brisanet diz que é preciso mais efetividade nos investimentos públicos para a expansão do 5G, principalmente nas zonas mais distantes das grandes cidades.

“Nesse momento, já estamos construindo em outras capitais. Natal, o interior do Rio Grande do Norte, já começando até a Paraíba. Estamos em plena expansão e precisa, sim, da iniciativa pública, aportando recursos para incentivar o investimento da tecnologia nas regiões onde a receita de telefone não é expressiva”, ressalta em entrevista.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários