18/05/2024

Espanha aumenta participação de capital social na Telefónica

Governo da Espanha agora conseguiu ampliar a participação de ações que tinha dentro da operadora Telefónica.

O governo espanhol aumentou sua participação no capital social da Telefónica para 5%. Isso significa que agora o governo possui uma parcela maior de propriedade na empresa. Essas ações foram compradas pela Sociedade Estatal de Participações Industriais (SEPI), que é uma empresa do estado responsável por investimentos.

A SEPI atua como uma holding, que é uma empresa que controla outras empresas, geralmente através da posse majoritária de suas ações. O comunicado oficial sobre essa transação foi divulgado na segunda-feira, dia 15, para informar o mercado e o público sobre essa mudança na propriedade da Telefónica.

O governo espanhol está implementando um plano para aumentar sua participação acionária na operadora de telecomunicações. Eles têm como meta adquirir até 10% das ações da empresa. Em março, o governo começou esse processo comprando 3% das ações da empresa de telecomunicações.

A SEPI, que é a holding do governo responsável por essas transações, destacou que sua participação visa garantir uma estabilidade acionária maior à empresa. Isso é crucial para que a empresa alcance seus objetivos estratégicos.

Além disso, a SEPI argumenta que essa aquisição também contribui para proteger as capacidades estratégicas da empresa de telecomunicações, que desempenha um papel fundamental no setor de telecomunicações. Essas capacidades são vitais para interesses nacionais de defesa e segurança, bem como para o desenvolvimento de áreas industriais e de conhecimento importantes.

A SEPI está adquirindo ações da Telefónica como parte de uma estratégia determinada pelo Conselho de Ministros. Essas aquisições têm como objetivo proteger as capacidades estratégicas da operadora de telecomunicações.

Essa medida foi tomada pelo governo espanhol em resposta à aquisição de 9,9% das ações da Telefónica pela operadora saudita STC. Essa transação fez da STC o principal acionista da Telefónica, o que levou o governo espanhol a agir para garantir uma participação relevante no capital do Grupo Telefónica.

A CriteriaCaixa, gestora de investimentos espanhola vinculada à Fundação La Caixa, aumentou sua participação na Telefónica, com seu presidente Isidro Fainé sendo reeleito para o conselho de administração durante a assembleia geral de acionistas. A Telefónica é uma grande empresa global de telecomunicações, operando na Espanha (Vivo), América Latina (Movistar), Reino Unido (Virgin Media O2) e Alemanha, além de outras áreas.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários