21/02/2024

BNDES anuncia investimento milionário para fábricas e 5G da Positivo

Fabricante conseguiu financiamento de dois projetos pelo banco: Um deles será para a modernização na produção de dispositivos 5G.

A Positivo Tecnologia vai receber um investimento de R$ 330 milhões que irá modernizar suas fábricas e produzir dispositivos com tecnologia 5G no Brasil, como smartphones, tablets e maquininhas de cartão. O recurso se trata do financiamento de dois projetos pelo BNDES: a modernização da capacidade produtiva e outra em inovação de produtos, serviços e soluções da fabricante.

Aloizio Mercadante, o presidente do BNDES, conta que o financiamento é parte do compromisso do banco com o “desenvolvimento e tecnológico” e com “nova política industrial” do governo federal. A expectativa é que o projeto vá além da modernização na Positivo com a geração de 274 empregos qualificados em produção, engenharia e pesquisa.

Leandro Rosa dos Santos, vice-presidente de Estratégia e Inovação da Positivo Tecnologia, afirma que “Esta parceria com o BNDES é uma importante iniciativa de suporte ao nosso plano estratégico de diversificação de negócios e tem como foco principal a inovação, através da incorporação das mais avançadas e modernas ferramentas de inteligência artificial em nossos produtos, serviços e soluções, e na modernização de nosso parque fabril”.

O financiamento está dividido da seguinte forma. O primeiro projeto receberá R$ 258 milhões por meio do programa BNDES Mais Inovação, cujo dinheiro será usado para a inovação da Positivo, envolvendo transformação digital, eficiência operacional e principalmente para a atualização e desenvolvimento de produtos, serviços e soluções tecnológicas.

Na prática, a injeção de capital significa atualização e desenvolvimento de novos produtos, serviços e soluções, como:

  • Kit para cadastramento de informações biométricas e captura de documentos e assinaturas;
  • Soluções de automação e segurança para casas e organizações inteligentes;
  • Soluções de gestão para terminais de pagamentos (POS);
  • Novas ferramentas para gestão da infraestrutura de tecnologia da informação corporativa.

O investimento também será usado em pesquisa para incorporar a esses produtos IA generativa e cibersegurança. Para isso, serão desenvolvidas parcerias com renomadas instituições nacionais, como a Universidade Federal de Goiás (UFG) e o Centro Internacional de Tecnologia de Software (CITS).

Fábrica no 5G

O valor restante de R$ 72 milhões, que virá do Funttel, será usado para a expansão e atualização das unidades da companhia em Manaus, Curitiba e Ilhéus (BA). Em especial, será direcionado para a ampliação das linhas de smartphones, tablets e terminais de pagamento (maquininhas de cartão).

Para a modernização na produção de dispositivos 5G, a Positivo passará a usar tecnologia Surface Mount Technology (SMT), que permite aumentar a capacidade dos equipamentos, sem aumentar seu tamanho lógico.

“Combinamos o Programa Mais Inovação e o Funttel para apoiar o plano de inovação da empresa e produção de bens com tecnologia 5G, com investimentos em P&D no Brasil e geração de empregos qualificados. São diferentes instrumentos para desenvolver a indústria nacional, que é o objetivo do Plano Mais Produção e da Nova Indústria Brasil”, completou José Luis Gordon, diretor de Desenvolvimento Produtivo, Inovação e Comércio Exterior do BNDES.

A meta da empresa é atingir 65% do mix de produtos com a tecnologia 5G e capacidade instalada de 2,6 milhões unidades em 2025. O apoio do BNDES será dado por meio do Fundo para o Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações (Funttel).

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários