23/02/2024

Pesquisa aponta que 42% dos apps pedem permissões desnecessárias

Dentre os apps que mais pedem permissões desnecessárias, estão o Tinder, seguido por Globoplay e Google One, segundo a NordVPN.

Sempre que baixamos um aplicativo em nosso aparelho celular, permitimos que esses apps tenham acesso a informações contidas no dispositivo. Mas será que essas permissões são realmente necessárias? Segundo pesquisadores de segurança cibernética e privacidade da NordVPN, no Brasil, 42% de todos os aplicativos solicitam permissões desnecessárias aos usuários.

De acordo com a pesquisa, no mundo, quase 87% dos apps Android e 60% dos iOS solicitam acesso a funções do dispositivo não relacionadas ao seu desempenho. Ainda alerta que 42% do total solicitam permissões relacionadas às atividades dos usuários fora do aplicativo real, o que significa que seu objetivo é coletar dados sobre os usuários em outros apps e sites.

Desse montante, 37% deles solicitam acesso à localização do usuário, 35% à câmera, 22% à galeria de fotos e 16% ao microfone, o que é bastante preocupante.

No Brasil, há em média de quase 22% de permissões, onde 42% são desnecessárias, 4% delas são especiais, perigosas e fazem uso de biometria. Para se ter uma ideia, 7% são dados considerados não funcionais, de publicidade de terceiros ou de desenvolvedores. 6,8% é a média de dados de rastreadores, usados para coletar informações sobre comportamento de navegação.

Dentre os apps que mais pedem permissões desnecessárias, estão o aplicativo de relacionamento Tinder, seguido por Globoplay e Google One. De forma geral, as plataformas de redes sociais, mensagens, navegação e namoro exigem o número mais significativo de permissões em comparação com outras categorias.

Eles também estão na liderança ao solicitar pedidos desnecessários. Em média, os aplicativos de redes sociais solicitam 10 permissões sem necessidade. Já os apps de navegação pedem nove, os de namoro – seis, e os de mensagens – cinco.

Os usuários de Android e de aplicativos de jogos devem ser os menos preocupados com essas permissões, segundo a pesquisa. Em média, foram solicitadas apenas 10 permissões e pedem menos de uma concessão desnecessária. Embora os aplicativos de comida e bebida no iOS solicitem em média menos de três permissões, em termos de transferências desnecessárias, os de produtividade estão na liderança porque quase não coletam dados desnecessários.

Para a country manager da NordVPN, Maria Eduarda Melo, há um número significativo de aplicativos móveis que usamos diariamente solicitando acesso a funções do dispositivo não relacionadas ao seu desempenho. E a maioria dos usuários concede licença para espionar, mesmo sem ler os termos e condições.

“Os usuários devem sempre considerar se o aplicativo precisa de determinados dados para realizar seu trabalho antes de clicar em ‘Aceitar’, porque as informações coletadas podem ser usadas ​​contra nossos interesses. É especialmente importante estar mais atento a algumas categorias de apps que são mais intrusivos, como mídias sociais ou aplicativos de mensagens”.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários