24/02/2024

TIM já alcançou 3 mil usuários com o Test Drive

Solução da operadora permite que clientes de outras teles possam experimentar sua cobertura e sinal por 3 dias totalmente de graça.

Nesta segunda-feira (16), foi lançado oficialmente o Test Drive da TIM, uma espécie de teste drive gratuito em que clientes de outras operadoras podem usar a rede 4G e 5G da tele por 30 dias, como uma forma de experimentar o serviço antes de decidir fazer ou não portabilidade númerica.

Entretanto, para os leitores do Minha Operadora não se trata exatamente de uma novidade, uma vez que divulgamos a modalidade há duas semanas. O Test Drive da TIM, é uma oportunidade do consumidor analisar a cobertura e sinal da operadora, incluindo o desempenho da internet móvel, uma vez que no teste ganha 30 GB de franquia de dados para usar.

Embora tenha restrições, uma vez que o teste só pode ser feito por quem possui aparelhos compatível com a tecnologia eSIM, um chip virtual que dispensa o chip físico, o Test Drive da TIM já alcançou 3 mil usuários ativos.

De acordo com entrevista ao Tecnoblog, Paulo Esperandio, diretor de marketing da TIM Brasil, explicou que a ferramenta foi desenvolvida no início do ano, com estudos técnicos e mercadológicos que levaram 10 meses para viabilizar a solução.

“É um grande marco, algo muito valente da empresa em se dispor a fazer um test drive gratuito. É comum em alguns mercados evoluídos, mas na América Latina a TIM é pioneira. Já foi lançado nos Estados Unidos e alguns casos foram fonte de estudo para nós”.

Inclusive, associa as melhorias de cobertura da operadora com o início da solução. “O projeto nasce para coroar e compartilhar todo o esforço corporativo feito para garantir a cobertura distintiva da TIM”, afirma.

O executivo também falou sobre a limitação do eSIM, uma vez que é uma tecnologia que poucas pessoas têm acesso atualmente, mas destacou que “A questão é técnica e comercial. O eSIM viabiliza esse tipo de produto porque é massificável em escala e sem ônus para o cliente. No chip físico, uma operação tem custos grandes de logística e distribuição, e podem virar uma porta aberta para usos abusivos do serviço”.

Esperandio acredita que terá um nível de penetração aparelhos com eSIM no médio prazo, tornando “o produto cada vez mais relevante no dia a dia do mercado e da população”. “A gente espera que acelerem consideravelmente a ativação dessa tecnologia [eSIM] através do test drive”, afirma.

9 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
9 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários