24/02/2024

Anatel visita Suécia e Finlândia para falar sobre tecnologia e 6G

Representantes da regulação do setor de telecomunicações do Brasil estiveram na Europa para falar sobre tecnologia 6G.

O conselheiro Artur Coimbra, representante da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), participou do evento “Broadband for All” e realizou visitas técnicas à sede da empresa Ericsson e a uma escola técnica na Suécia. O evento contou com a presença de 120 formuladores de políticas e reguladores de 31 países, abrangendo todos os continentes. O desenvolvimento do 6G foi uma das pautas do encontro.

6G

O Brasil foi representado pelo Ministério das Comunicações, com a presença do ministro Juscelino Filho, do secretário de Telecomunicações, Maximiliano Martinhão, do chefe da Assessoria Especial de Assuntos Internacionais, Jeferson Fued Nacif, além de assessores de imprensa. A Anatel também esteve presente com o conselheiro Artur Coimbra e a assessora Kátia Dutra.

Aprimoramento de tecnologias foi discutido

Durante o evento, o conselheiro Artur Coimbra participou de um painel ao lado do subsecretário de Comunicação e Mídia do Departamento de Infraestrutura, Transporte, Desenvolvimento Regional e Comunicações da Austrália, Richard Windeyer. 

Eles abordaram o impacto das “Open APIs” (Interface de Programação de Aplicações) no avanço da digitalização e discutiram a influência das regulamentações existentes em telecomunicações diante da nova estrutura de mercado. As “Open APIs” permitem a troca de informações entre diferentes linguagens de programação e sistemas.

Durante as discussões, foram analisados os efeitos das “Open APIs” no progresso da digitalização, bem como as particularidades das diversas regras já existentes, como a Lei dos Serviços Digitais (DSA) e a Lei dos Mercados Digitais (DMA) na Europa, comparando-as com ambientes que possuem pouca ou nenhuma definição regulatória sobre o assunto.

Os presentes comentaram suas percepções sobre as barreiras existentes, possibilidades de contorno de aspectos específicos por meio de ferramentas genéricas do setor de telecomunicações. O conselheiro destacou o seguinte:

 “As Open APIs nas redes 5G podem ter o mesmo impacto na sociedade que teve a abertura do ecossistema de desenvolvimento de apps para smartphones, com as lojas de aplicativos, há cerca de 15 anos. Inúmeras aplicações, antes impensáveis, surgiram e trouxeram enorme valor para todos. Quando o potencial de desenvolvimento e disrupção é grande, porém imprevisível, a história mostra que compartilhar o ecossistema de desenvolvimento, em vez de monopolizá-lo, traz melhores resultados para todos.” 

Inclusão digital e inovações

O ministro Juscelino Filho expôs as iniciativas executadas pelo departamento para promover a inclusão digital dos cidadãos brasileiros, além de perspectivas inovadoras para o futuro do país no que diz respeito à conectividade. Além disso, representantes de países como Canadá, Espanha, Malásia e Japão compartilharam os desafios enfrentados para ampliar o acesso à internet com uma conexão significativa em seus territórios.

Artur Coimbra também se encontrou com Shamsul Majid, representante da Malásia e Diretor de Tecnologia e Inovação da Comissão de Comunicações e Multimídia da Malásia (MCMC), para fornecer detalhes sobre o projeto Norte Conectado.

Além disso, ele teve reuniões com membros da Agência Sueca de Cooperação para o Desenvolvimento (SI) e do Programa Sueco para Tecnologias de Informação e Comunicação em Regiões em Desenvolvimento (SPIDER), a fim de conhecer o projeto de capacitação voltado para países de língua portuguesa na África Subsaariana.

Vísitas técnicas à sede de operadoras e pesquisas sobre 6G

A equipe da Anatel realizou visitas técnicas à sede da Ericsson, localizada na cidade de Kista, bem como ao Campus Södermalm, um complexo de escolas de ensino técnico, onde a conectividade desempenha um papel crucial na aplicação de tecnologias educacionais.

Na Finlândia, a equipe da Anatel realizou uma série de reuniões técnicas em parceria com a Business Finland, que facilitou interações com a Agência Nacional de Educação, o Conselho da Polícia Nacional e a Erillisverkot (operadora da rede de dados e comunicações críticas do país).

Além disso, eles participaram de um encontro com a ministra dos Transportes e Comunicações da Finlândia, Lulu Ranne, e fizeram visitas técnicas à sede da Nokia e ao Centro de Pesquisa e Desenvolvimento 5G/6G – Nokia Bell Labs, que é um dos principais locais de pesquisa em tecnologia de rádio no mundo.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários