28/02/2024

TIM faz parceria com Grupo Stracci para levar 4G para pecuária baiana

Por meio do negócio, o grupo agrícola pretende ‘otimizar a performance operacional, aumentar a produtividade e reduzir custos’.

Nesta segunda-feira (05), a TIM anunciou uma parceria com a produtora agrícola e pecuária Grupo Stracci, empresa originária da cidade de Barreiras (BA) que atua no oeste da Bahia e no Tocantins, para levar conectividade 4G em uma área de 5,2 mil hectares. Com cobertura da operadora, o grupo pretende “otimizar a performance operacional, aumentar a produtividade e reduzir custos”.

O projeto vai viabilizar o monitoramento da produção de grãos, verificação de cerca elétrica para o gado, acompanhamento da água e da alimentação do rebanho, dentre outras iniciativas aplicadas já pelo Grupo Stracci, mas que precisavam da ativação do sinal 4G para ter viabilidade“, explica a operadora.

De acordo com a TIM, essa é a primeira parceria no segmento da pecuária e deve ser oficializada durante a Bahia Farm Show, que acontece entre os dias 6 a 10 de junho. “A expectativa é alcançar uma redução de pelo menos 10% nos custos operacionais e direcionar esses recursos para aumentar o rebanho, visando aumentar a margem de lucro e diminuir os custos globais”, destaca.

Segundo Paulo Humberto Gouvea, diretor de Soluções Corporativas da TIM Brasil, afirma que a Bahia é uma região estratégica para a companhia e muito importante para o oeste baiano.

“A TIM tem o compromisso firme de levar conectividade para a zona rural, para o campo, seja através de projetos próprios ou por meio de parcerias. Esse avanço tecnológico tem dado mais eficiência e pode provocar uma revolução no agronegócio. Uma vez que a internet permite maior controle das máquinas e acesso a informações importantes, como a contenção de pragas e previsão do tempo”, diz.

A operadora explica que Matopiba, região que compreende parte dos Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, é de extremo interesse em função da extensa área agricultável. Além de ser uma das principais fronteiras agrícolas do país, com mais de 320 mil propriedades. São 35 milhões de hectares aptos para a agricultura, de acordo com dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A iniciativa faz parte do projeto 4G TIM no Campo, onde já cobre 14,4 milhões de hectares no Brasil, com a meta de alcançar 16 milhões de hectares ainda este ano. No agronegócio da Bahia, a operadora com a SLC Agrícola, levando conectividade 4G à fazenda Panorama, em Correntina, também no Oeste baiano.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários