21/02/2024

Myio mira mercado de telecom investindo em solução de ‘mini antenas’

Scale-up pretende ajudar as empresas de telecomunicações a tornar a distribuição do 5G no país mais eficiente por meio das mini antenas.

Com o intuito de tornar a implementação do 5G mais eficiente no Brasil, a Myio, uma scale-up de automação sem fio com plataforma de IOT própria, passou a investir no mercado de SLS (Street Level Solutions), soluções de infraestrutura em telecom que consistem na instalação de pequenas antenas a nível da rua. Ou seja, instalar ‘mini antenas’ em mobiliários urbanos como prédio, semáforos e estação de metrôs.

Com os novos investimentos neste mercado, o objetivo é angariar até outubro de 2026 cerca de R$ 14,4 milhões em novos contratos. Com inovação, a Myio quer prestar serviços de monitoramento para prevenir a saúde das caixas que comportam as SLS.

Atualmente, o sinal de telefonia é transmitido pelas Estações de Rádio Base (ERB), que segundo dados de março deste ano da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), haviam mais de 88 mil sites. Com as SLS, além de aumentar a cobertura da rede, torna possível que um número maior de pessoas usem sinal de conexão ao mesmo tempo.

Segundo a empresa, suas soluções possibilitam o monitoramento de temperatura, umidade, energia, checar bateria, além de alertas em caso de algum problema detectado. Além disso, ainda promete tecnologia para realizar o acionamento remoto (ligar/desligar) os equipamentos que estão dentro de gabinetes em locais públicos.

Bruno Dantas, COO da startup, diz que “Estamos confiantes e acreditamos no potencial deste mercado, que revela-se promissor para os próximos anos, pois o 5G ainda não está acessível para toda população brasileira e queremos ajudar na disseminação desta conectividade“.

Com suas soluções, a scale-up também deseja alcançar o setor educacional, com automação para escolas inteligentes, que ajudam a economizar energia e água. Isto é, usar sensores de presença que detectarão torneiras abertas e lâmpadas ligadas que foram esquecidas após o período de aula ou nas férias coletivas. O objetivo é que até 2026 cerca de R$36 mi de contratos sejam fechados com foco neste mercado.

Em sua base de clientes, a Myio conta com empresas como hcor, Valid e Grupo Energisa. Um dos seus principais diferenciais é que os dispositivos se comunicam por rádio-frequência em 2.4Hz através de um protocolo próprio e criptografado por rede MESH.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários