23/07/2024

Big techs se dizem preocupadas com práticas anticompetitivas no setor de nuvem

Microsoft e Oracle são alvos de críticas por restrições e taxas que impactam a concorrência na computação em nuvem.

Diversos grupos comerciais de tecnologia, juntamente com o Google (da Alphabet’s), expressaram suas preocupações à Comissão Federal de Comércio dos Estados Unidos em relação a práticas de negócios que alegam ser injustas no setor de computação em nuvem, incluindo ações atribuídas à Microsoft. 

Google Nuvem

Esses comentários surgiram como resposta a um pedido feito pela agência norte-americana em março, solicitando informações sobre questões de segurança e concorrência no mercado lucrativo de armazenamento de dados e capacidade de processamento em nuvem.

Um exemplo dos comentários públicos feitos na terça-feira foi dado pelo grupo comercial NetChoice, que direcionou suas críticas tanto à Microsoft quanto à Oracle.

“Apesar da forte concorrência no setor de nuvem, alguns fornecedores usam práticas anticompetitivas para consolidar sua posição, na maioria das vezes impedindo que os clientes troquem de provedor em busca de custos mais baixos, ofertas de serviços mais fortes e soluções mais inovadoras para seus negócios”, disse NetChoice (feita por Amazon.com, Meta, Google e outros players de tecnologia menores).

O Google expressou sua opinião sobre o processo em que está envolvido, afirmando que os termos de licenciamento aplicados pela Microsoft, Oracle e outros fornecedores de software têm um impacto negativo na competição na área de computação em nuvem.

Um exemplo citado pelo Google é que as empresas que adquiriram software da Microsoft para seus próprios data centers enfrentam restrições e taxas adicionais ao migrar essas licenças para os principais concorrentes da Microsoft no mercado de nuvem. A Amazon também levantou críticas semelhantes.

A Microsoft e a Oracle não responderam imediatamente aos pedidos de comentários feitos pela Reuters. A Microsoft fez algumas atualizações em seus termos em resposta às críticas, alegando estar comprometida com o sucesso de uma comunidade de nuvem mais abrangente. No entanto, seus concorrentes consideraram essas mudanças insuficientes.

A Comissão, que está envolvida no processo, se recusou a comentar. O site The Information foi o responsável por relatar anteriormente o processo movido pelo Google.

ViaUol

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários