12/07/2024

Google anuncia o encerramento da ferramenta Stories no YouTube

De acordo com a empresa, a descontinuação do YouTube Stories tem objetivo de priorizar outras maneiras de criar dentro da plataforma.

Lançada em 2017 para competir com um recurso do Instagram, a ferramenta Stories, que permite o compartilhamento de vídeos que desaparecem após um período de tempo, disponível no YouTube, será descontinuada a partir do dia 26 de junho. O comunicado foi feito pelo Google nesta quinta-feira (25).

Dessa forma, não será mais possível usar a ferramenta, sendo que as produções compartilhadas até a data, utilizando o recurso, vão expirar após sete dias da postagem original.

De acordo com a empresa, a descontinuação do YouTube Stories tem objetivo de priorizar outras maneiras de criar dentro da plataforma, já que conta com várias possibilidades de postagens na comunidade com Shorts, em formatos longos e ao vivo, que ajudam a gerar uma maior conexão entre criadores e fãs.

No comunicado, o Google informou que as postagens na comunidade, recentemente ampliadas para milhões de pessoas e que oferecem enquetes, questionários e mais ferramentas de engajamento, e os Shorts do YouTube são ótimas alternativas que podem gerar conexões e conversas valiosas com o público.

Para a empresa, o YouTube Shorts, como alternativa para quem usa os stories na busca por seguidores, é mais eficaz pois gera muito mais inscritos do que os stories. Entre os criadores que usam postagens e histórias, as postagens geram, em média, muito mais comentários e curtidas em comparação com as histórias.

Por fim, o Google afirmou que continua trazendo recursos mais envolventes para a experiência do Shorts, lançando recentemente a capacidade de responder a comentários com o recurso, além de estarem comprometidos em investir em ferramentas novas e inovadoras para ajudar o criador a aumentar o público no seu canal no YouTube.

O movimento da plataforma de vídeo não é o único. Por exemplo, a Netflix já seguiu o mesmo caminho quando descontinuou o recurso usado para sugerir conteúdos aos assinantes, em vídeos de 30 segundos. Algo semelhante acontece com os stories do LinkedIn, que tinha a possibilidade de compartilhar momentos da sua vida profissional em conteúdos que ficaram disponíveis por 24 horas.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários