20/07/2024

Estudo mostra a região com a melhor velocidade média de internet móvel do país

Pesquisa também mostra a média do Brasil, assim como a taxa média de upload e latência entre os meses de abril e setembro.

O Centro-Oeste (44.99 Mbps) é a região do Brasil que possui a melhor média de conexão entre as regiões do país, de acordo com um levantamento realizado pelo site Minha Conexão, onde registrou entre os meses de abril e setembro a velocidade média de internet móvel no Brasil de 41.49 Mbps.

Em seguida, aparecem o Sul e o Sudeste registrando a média de 39.11 Mbps e 38.23 Mbps, respectivamente. Já o Norte (29.32 Mbps) e o Nordeste (29.19 Mbps) tiveram as piores médias de velocidades, segundo o estudo. A plataforma compilou e analisou cerca de 258 mil dados registrados pelos usuários.

Também foram levantadas as variações mensais na qualidade de conexão móvel durante os seis meses de estudo. Em abril, a velocidade média de internet foi de 29.65 Mbps, sendo que em setembro houve um aumento para 58.39 Mbps, cerca de 96.93% de evolução na qualidade de internet celular em relação às medições mensais.

Já nesse quesito, o Nordeste foi o destaque tendo o melhor desempenho, com 117.63% de crescimento de velocidade média, onde passou de 24.22 Mbp, média registrada em abril, para 52.72 Mbps em setembro. Em seguida vem o Centro-Oeste com um crescimento de 105.72%. O Norte, porém, teve o pior crescimento do período, com variação de apenas 34.86%.

Em relação às médias upload e latência da internet móvel, o país teve um média de conexão de 18.07 Mbps no último semestre. O Centro-Oeste volta como destaque nesse quesito, obtendo média de 19.77 Mbps. O Sudeste (18.29 Mbps) e o Sul (17.81 Mbps) também foram destaques da categoria.

Quanto à latência, o Brasil teve valores elevados de ping, com média de 66.34 ms no período, mas houve uma redução do tempo de resposta do serviço em todas as regiões.

A chegada do 5G foi fundamental para a evolução na melhora da internet móvel no país, embora ainda esteja no seu início, já que o acesso a rede ainda está limitada a alguns usuários que possuem dispositivo compatível com a tecnologia.

Além de que, a rede ainda não foi ativada em todo o território nacional, estando presente apenas nas capitais. Entretanto, há a previsão de que mais de 400 municípios poderão ter o faixa de frequência usada pelo 5G liberada para uso a partir de 1º de janeiro de 2023.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários