09/04/2024

Desktop registra quase 100% de crescimento na sua receita líquida no 3T22

No último trimestre, a provedora iniciou o atendimento em mais 3 cidades e já está presente em 136 cidades do interior paulista.

A Desktop, provedora de internet de fibra ótica, divulgou seu resultado financeiro nesta quinta-feira (17), onde atingiu R$ 187 milhões, um crescimento de 99% em sua receita líquida em relação ao mesmo período do ano anterior. Em relação ao 2T22, o aumento foi de 11%. O lucro líquido totalizou R$ 36,1 milhões no 3T22, aumento de 133%, quando comparado ao 3T21.

De acordo com a empresa, devido ao cnairo macroesoncomido desafiador que está a frente, durante o período, a Desktop revisitou seus processos internos visando otimizar eficiências operacionais e potencializar a geração de caixa. O plano de ação contemplou desde a aceleração de incorporações, redimensionamento de pessoal levando em consideração a otimização de processos até a renegociação de contratos.

Com isso, a companhia entregou um EBITDA de R$ 95 milhões, uma evolução de 140% na comparação anual. A margem EBITDA atingiu 50%, incremento de 9p.p. versus as margens registradas no 3T21 e 5p.p. acima do 2T22.

A empresa afirma que um dos seus destaques foi a chegada em mais 3 cidades do interior de São Paulo: Mirassol, Cravinhos e Bady Bassitt, passando a ter cobertura em 136 cidades. Isto representa um incremento de 68 novas cidades em relação ao 3T21 e é resultado da estratégia de expansão geográfica que equilibra tanto investimentos orgânicos quanto inorgânicos.

A Desktop fechou o terceiro trimestre do ano com 49 mil assinantes, um crescimento de 93% em relação às casas conectadas do mesmo período de 2021. Já em Casas Passadas (HPs), o acréscimo foi de 94% em relação ao mesmo período de 2021, fechando em 3,7 milhões de Homes Passed.

Além disso, conseguiu adicionar mais 25,9 mil km de rede entre o 3T21 e o 3T22, um crescimento de 125% no tamanho da rede em comparação ao final do 3T21. Assim, a Desktop mantém uma estrutura robusta com 47 mil km de rede própria de fibra óptica, sendo 9 mil km de backbone e 37 mil km de rede de acesso FTTH.

Neste trimestre destacam-se as assinaturas de contrato para aquisição de dois novos provedores de internet banda larga com tecnologia de fibra óptica: 70% da Fasternet, com uma base de aproximadamente 115 mil assinantes nos municípios de Tatuí, Cerquilho, Boituva, Amparo, Rio Claro, Itu e mais de 30 outros municípios da região, e 100% da IDC Telecom, com 40 mil assinantes nos municípios de Guararema, Biritiba Mirim, Santa Branca, Mogi das Cruzes e mais de 8 outros da região.

“As duas empresas em questão se destacaram em nosso processo de seleção de ativos, dado ao grande potencial de geração de valor, consequência do alinhamento com a nossa estratégia de M&A que privilegia players com tecnologia de ponta, líderes em seus respectivos mercados, localizados em regiões adjacentes à operação atual e com potencial para abrir mercado e potencializar o crescimento orgânico da Companhia”, reforça Denio Alves Lindo, presidente da Desktop.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários