25/02/2024

V.tal e Globenet concluem integração

Integração da Globenet com V.tal era aguardada por todos que desse setor, desde a transação da V.tal com a Oi.

Globenet, empresa de cabos submarinos, e V.tal, operadora de infraestrutura, concluíram a integração e anunciaram a notícia através de diferentes comunicados. Ambas empresas são controladas pelos fundos do BTG Pactual. Os anúncios foram feitos na última terça, 30 e quarta-feira, 31. 

Cabo submarino

Essa conclusão de fusão era aguardada desde a venda da V.tal pela Oi, durante o mês de junho. Na época, a união com a Globenet ainda dependia de algumas liberações que precisavam acontecer nos Estados Unidos. 

A Globenet disse, no seu comunicado, ter orgulho de fazer parte da V.tal, pois se trata da empresa de maior infraestrutura de rede neutra de fibra óptica no Brasil. 

E concluiu afirmando que a integração das empresas transforma-as em uma grande companhia de infraestrutura. O comunicado citou os locais onde há cabeamento da empresa e comentou sobre o tamanho da infraestrutura que tem. Confira a fala:

“Nós da Globenet temos o orgulho de dizer que agora somos parte da V.tal, a empresa que possui a maior infraestrutura de rede neutra de fibra óptica no Brasil […] nos tornamos uma grande companhia de infraestrutura com mais de 400 mil quilômetros de fibra terrestre, conectando mais de 2.380 municípios no Brasil e 26 mil quilômetros de cabos submarinos que ligam Brasil à Argentina, Chile, Venezuela, Colômbia, Bermudas e Estados Unidos. Além de seis edge data centers distribuídos entre Brasil e Colômbia”.

E a V.tal também fez um comunicado, só que um dia antes, na terça-feira, 30. Destacou a participação no Andicom 2022 já após a integração e citou também o tamanho da empresa. Confira uma parte do comunicado: 

“Esta será a primeira participação em evento internacional após a integração da empresa, que possui a maior rede neutra de fibra óptica no Brasil, com a Globenet, resultando num grande player de infraestrutura digital, para o mercado de operadoras de telecom, provedores de internet e OTTs”.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários