Primeiras impressões de quem já acessou o 5G ‘puro’ em Brasília

Desde esta manhã que moradores da capital federal já podem acessar a rede, contanto que tenha um smartphone que suporte a tecnologia.

Na manhã desta quarta-feira (06), moradores de Brasília já podiam usufruir do 5G, depois que as operadoras TIM, Vivo e Claro ativaram a rede na capital federal, sendo a primeira cidade do Brasil a contar com a versão standalone da tecnologia.

Uma das promessas da nova rede é a baixa latência, tempo que a informação leva entre sua origem e destino, e a alta velocidade de internet que ela pode oferecer, chegando até 100 vezes mais rápido do que o 4G. Para nível de comparação, o tempo de resposta entre os dispositivos no 4G é de 50 a 70 milissegundo, enquanto que no 5G é de 1 a 5 milissegundos.

Mas será que o 5G realmente está entregando isso? De acordo com o portal G1, Ana Luísa Oliveira, uma das usuárias que já experimentou a rede em Brasília e cliente da operadora Vivo, afirmou que a internet é boa, mas nem sempre está disponível.

“A internet fica boa mesmo, mas não é sempre que aparece. Oscila bastante”, afirmou ao acessar a rede na região de Águas Claras.

Segundo Ana Luísa, a diferença da rede foi sentida na hora de assistir vídeos e baixar aplicativos, sendo que não foi necessário fazer nenhuma alteração no seu plano contratado para que a rede aparecesse em seu smartphone. “Inclusive, a gente não muda de planos há anos“, afirma.

Leonardo Souza Araújo, outro cliente da Vivo, também testou o 5G em Brasília e afirmou que foi possível ver a diferença de velocidade de navegação entre o 4G e o 5G ‘puro’. “Para streaming, é muito rápido. Você consegue baixar em segundos e ver sem interferência“, afirma o servidor público.

Segundo ele, o sinal oferecido pela Vivo se mantém estável desde o início desta quarta-feira. Ele acessou o 5G na Esplanada dos Ministérios. Leonardo afirma que, antes, o serviço era instável, durante a fase de testes.

“Desde o final de maio, tinha 5G nos arredores da Esplanada, mas tinha instabilidade. Quando eu ia para a Rodoviária, por exemplo, já não tinha mais. Hoje não, percebi que tem 5G direto”, conta o servidor público.

Por enquanto, o serviço não está disponível para todos os usuários, uma vez que somente 80% da capital está com cobertura 5G, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Além disso, é necessário ter um aparelho celular que suporte a tecnologia. Atualmente, já foram homologados pela agência 67 smartphones 5G. Confira a lista aqui.

Em relação a oscilação observada por Ana Luísa, o G1 afirma que tentou contato com a Vivo, mas não obteve resposta.

ViaG1
Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]

3 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
3 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
3
0
O que você acha? Comente!x