Novo plano com anúncios da Netflix terá catálogo limitado; entenda

Empresa anunciou que pretende lançar um novo plano com valor mais acessível e que será suportado por publicidade no início do ano que vem.

Não é nenhuma novidade que a Netflix planeja lançar um novo plano de assinatura com valor mais acessível suportado por anúncios publicitários no início de 2023. Algo que tem deixado muitos consumidores animados com a possibilidade de economizar, diante da grande quantidade de plataformas que estão disponíveis no mercado.

Mas como nem tudo são flores, aqueles que escolherem pelo novo plano terão acesso restrito aos conteúdos da plataforma. Isso mesmo! Nem todos os conteúdos que são transmitidos atualmente no serviço estarão disponíveis para os assinantes do plano mais barato. O que pode ser muito decepcionante para os potenciais clientes.

De acordo com o co-CEO e diretor de conteúdo, Ted Sarandos, o nível mais barato da assinatura, que será lançado com a parceria realizada com a Microsoft, não terá todo o catálogo da Netflix licenciado.

Obviamente, os conteúdos originais da própria plataforma estarão disponíveis para esses assinantes, mas outros conteúdos licenciados podem ser cortados no novo plano. Isto porque, o serviço ainda licencia uma grande quantidade de conteúdo de estúdios norte-americanos e distribuidores internacionais, e está em processo de conversação com esses parceiros para disponibilizar algumas dessas produções.

Durante a divulgação dos resultados financeiros, Sarandos afirmou que “Hoje, a grande maioria do que as pessoas assistem na Netflix, podemos incluir no nível suportado por anúncios”.

“Há algumas coisas que não funcionam e estamos conversando com os estúdios, mas se lançássemos o produto hoje, os membros da camada de anúncios teriam uma ótima experiência. Vamos limpar algum conteúdo adicional, mas certamente não todo, mas não acho que seja um obstáculo material para os negócios”, completou.

Por enquanto, ainda não há informações sobre o custo do novo plano da Netflix suportado por anúncios, mas alguns sites acreditam que poderá custar entre US$ 5 dólares e US$ 10 por mês. Para nível de comparação, a Paramount+ já possui um plano do tipo que custa US$ 4,99 por mês nos Estados Unidos.

Além disso, vale lembrar que a Netflix tem buscado estratégias para reverter a perda de assinantes que tem sofrido nos últimos meses. Somente no segundo trimestre deste ano, a empresa perdeu quase 1 milhão de clientes, conforme divulgou em seu balanço financeiro.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x