Multilaser troca de nome e altera logomarca da empresa

Com a mudança, a companhia espera que os consumidores reconheçam seu logo, assim como a Apple com a maçã mordida.

A Multilaser, uma das principais fabricantes brasileiras de produtos de consumo como eletroeletrônico, anunciou que a empresa passará por um rebranding (mudança de marca), onde a palavra ‘laser’ não fará mais parte do nome da companhia, que passará a se chamar apenas Multi.

A mudança decorre da evolução ocorrida no perfil da empresa, que foi fundada em 1987, onde começou no ramo de cartuchos, e depois foi para as impressoras a laser, daí a origem do nome Multilaser.

De acordo com a empresa, a mudança em sua marca tem dois objetivos principais: reforçar sua origem brasileira e a evolução do seu portfólio, que conta com mais de 5 mil produtos, sendo que a maioria está distante de artigos de informática, como mouse e teclados, que deu fama à companhia.

“Estamos reafirmando nosso compromisso de levar todas as coisas que carregam tecnologia e que facilitam a vida das pessoas, a um preço justo para os brasileiros. De tablets, smartphones, notebooks e eletroportáteis a motos elétricas”, diz Flávia Drummond, diretora de marketing da Multi.

Com a alteração do nome da marca, também será necessário mudança no logotipo da Multilaser. O novo símbolo virá com a letra ’M’ curvada e maiúscula, que também será o ícone da marca.

“As curvas da letra M, que será o ícone da marca, reforçam as conexões e fazem alusão a um aperto único e memorável. Os cantos arredondados convidam e aproximam o consumidor de maneira moderna e humana. E as letras espaçadas constroem a leveza que a companhia busca comunicar,” explica Leo Saito, diretor de criação da Multi.

Para o processo de rebranding, a Multi fez parceria com a consultoria In Brand, com a agência Soko e o com o time de sua in-house. O lançamento da campanha está previsto para acontecer na segunda quinzena de agosto deste ano e a nova logomarca deve chegar em todos os produtos até o fim de 2023. A companhia investirá R$ 100 milhões nesse plano.

A empresa tem a ambição de os consumidores identifiquem seu logo com maior facilidade ao estampar o “M” em seus produtos, assim como acontece com a linha da Apple, que é facilmente identificada com a maçã mordida.

“Nossa vocação é dar acesso à tecnologia. O brasileiro aguarda ter aquela novidade tão desejada a um preço justo”, diz Flávia. “Vivenciamos isso, por exemplo, no caso dos fones sem fio, tablets e aspirador robô. Entendemos que, desta maneira, contribuímos para que as pessoas conquistem uma vida mais descomplicada, leve e cheia de possibilidades”.

SourceTecnoblog
Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore. E-mail para contato: [email protected]

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
1
0
O que você acha? Comente!x