18/07/2024

TIM anuncia modelo de contrato simplificado para clientes pós-pagos e controle

Novo modelo foi chamado de 'contrato fácil' e recebeu uma premiação pela instituição norte-americana Corporate Legal Operation Consortium.

Buscando simplificar o processo de contratação dos seus serviços, a TIM anunciou nesta segunda-feira (13), o lançamento de um novo modelo de contrato de adesão dos planos de telefonia móvel na modalidade pós-pagos e controle. Com isso, a operadora destaca que o novo modelo tem como objetivo facilitar a compreensão dos clientes na hora de contratar um plano de celular.

O que a operadora fez foi reduzir o número de páginas que compõem o documento, que contém a s informações na hora da contratação de um plano. Com o novo modelo de contrato de adesão dos planos pós-pago e controle, este documento passa a ter apenas duas penas, sendo que o documento anterior era composto por quatro documentos de 40 laudas.

A TIM afirma que o design dos contratos também foi alterado, onde foram necessários alguns reajustes no documento, adotando uma linguagem mais fácil para ser compreendida pelos consumidores.

O novo modelo foi denominado de “contrato fácil”, sendo que recebeu uma premiação pela instituição norte-americana Corporate Legal Operation Consortium (CLOC), por conter um solução mais acessível para que uma quantidade maior de pessoas possam compreender com qualidade os termos de adesão de contrato de planos.

Foram desenvolvidas três fases para o projeto de reformulação do contrato, sendo a primeira uma análise, onde os requisitos básicos foram estabelecidos; segunda fase de revisão, onde foram definidos o que poderia ser resumido ou excluído, e por fim, o desenvolvimento do protótipo e os testes e revisões os testes e revisões, para que fosse lançado um modelo final.

De acordo com a TIM, o modelo de contrato só ficará disponível para os clientes da operadora mais adiante.

“Durante mais de um ano, designers, advogados, programadores, linguistas e especialistas em comunicação dedicaram-se a transformar quatro documentos de 40 páginas ao todo em um único contrato com duas folhas, e com foco na experiência do consumidor e não no juridiquês. Queremos que nosso cliente entenda com clareza o que está comprando e o que estamos vendendo”, explicou o vice-presidente Jurídico da TIM, Jaques Horn.

1 COMENTÁRIO

Se inscrever
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários