03/07/2022

Visita de Elon Musk ao Brasil desagrada parlamentares que cobram detalhes de acordo

Políticos manifestaram desconfiança em redes sociais com o encontro fora da agenda oficial entre Jair Bolsonaro e o bilionário.

O encontro que aconteceu semana passada entre o presidente Jair Bolsonaro, o ministro das Comunicações Fábio Faria e o empresário Elon Musk não foi visto com bons olhos pelos parlamentares de oposição. Em suas contas nas redes sociais, vários deputados manifestaram desconfiança quanto às razões da visita do bilionário no país e reclamaram da falta de detalhes sobre o acordo que levará cobertura de internet da Starlink para a Amazônia.

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB), da comissão da Câmara que acompanha a implementação do 5G no Brasil, fez critica a falta de informação sobre contrapartidas para o contrato de cobertura do estado amazonense.

Na postagem, Almeida falou que “As parcerias, especialmente as tecnológicas, são bem-vindas desde que sejam uma via de mão dupla, com transferência de tecnologia e reforçando nossos programas já existentes”.

“Naturalmente, o objetivo de Musk é comercial. Quer abocanhar esse gigantesco mercado que é o Brasil, com grande déficit de regulação e, óbvio, as custas de subsídios com dinheiro público. A AMAZÔNIA, e nós, os amazônidas, sempre somos a justificativa. somos a “vitrine” a cobiça”, completou a postagem.

A deputada também questionou se as forças nacionais de segurança tem conhecimento do acordo. “Fico curiosa para saber a opinião do Ministro da Defesa e a da Força Aérea Brasileira em especial sobre o Programa Espacial Brasileiro que está à míngua”.

Para ela, o governo deveria investir em parcerias na indústria espacial brasileira, que também deveria estudar ter uma constelação própria de satélite de baixa órbita.

“Temos urgência em construir nossa própria constelação de satélites, com objetivo e domínio soberano do espaço, em esferas estratégicas e sensíveis para o desenvolvimento da nação. Portanto, considero um grande erro abrir o mercado a Musk e manter à míngua o nosso Programa Espacial Brasileiro”, disse.

Os deputados também criticaram a forma como foi realizado o encontro. Orlando Silva (PCdoB-SP) foi contra a reunião fora da agenda oficial. “Dentro do seu próprio país, o presidente foi quem pediu agenda e foi até o visitante estrangeiro. Bolsonaro esmolou um encontro com Elon Musk. Vergonha alheia. É inacreditável, mas é real”, disse na rede social.

O pré-candidato federal, Augusto de Arruda Botelho, também disse em sua rede social que

“Bolsonaro vai até o hotel em que Elon Musk está hospedado para se reunirem. Não deveria ser o contrário? Já sei, os voos para Brasília estão muito caros e o Musk está com dificuldades financeiras”.

Enquanto que a deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) criticou: “Bolsonaro tem destruído a Amazônia e está reunido com um bilionário para tratar da preservação da região. Quem acredita?”.

Confira os tweets:

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
2
0
O que você acha? Comente!x