23/05/2022

Velocidade de internet fixa dobrou em 2021, segundo relatório da Anatel

Agência publicou relatório de gestão, destacando o cumprimento do desempenho da autarquia, como cobertura com banda larga móvel da população.

Nesta segunda-feira (02), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou um relatório de gestão, onde destacou o cumprimento do desempenho da agência no ano passado. Em 2021, a construção backhaul de fibra óptica alcançou a marca de 4.677 municípios, um cumprimento de 95,78% da meta prevista com dois anos de antecedência. A agência prevê alcançar 4.883 municípios em 2023.

Outra meta alcançada pelo órgão foi o aumento da velocidade média contratada na banda larga fixa. Para 2023, a pretensão era alcançar 153 Mbps, mas ano passado, essa média já foi de 183,3 Mbps, uma superação da meta em 24%, além de um crescimento de mais do que o dobro (109,9%) em relação ao ano anterior.

A meta de cobertura da população com banda larga móvel é de 91,46% em 2023. O índice chegou a 90,15% em 2021, representando o cumprimento de 98,57% da meta, também com dois anos para as operadoras alcançarem a cobertura total do Brasil, de acordo com indicativos da agência.

O relatório classifica o leilão do 5G como um dos maiores realizados pela Anatel em 2021, destacando a compra dos 45 lotes da licitação que garantiram R$ 47,2 bilhões, sendo que R$ 4,8 bilhões foram para o cofres públicos e o restante para a obrigação das empresas vencedoras.

“O leilão estabeleceu diversos compromissos de abrangência (obrigações de atendimento com serviços de telecomunicações) para as proponentes vencedoras com destaque para atender todas as 5.570 sedes municipais brasileiras com 5G; atender 2.349 trechos de rodovia com 4G, totalizando 35.784 Km (totalidade das rodovias federais pavimentadas); implantar backhaul de fibra óptica em 530 sedes municipais; e investir R$ 3,1 bilhões para conectividade das escolas públicas”, diz o documento.

O documento também afirma que em 2021 foi iniciada uma nova revisão geral do Plano Estratégico da Anatel, a partir de contratação internacional, no âmbito de cooperação técnica com a União Internacional de Telecomunicações (UIT).

“Este projeto agrega conhecimento sobre as melhores práticas do mercado, contribuindo para a identificação de tendências tecnológicas, mercadológicas, regulatórias e os impactos para o setor como insumos para o aprimoramento da atuação do órgão”, explica a agência no documento.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários