29/06/2022

Operadoras e fabricantes investem cada vez mais em projetos sustentáveis

Cada vez mais operadoras e fabricantes investem em projetos sustentáveis no mercado. Entenda o motivo e como isso influencia o consumidor.

No mês de abril, operadoras e produtoras se destacaram com projetos sustentáveis no cenário brasileiro. A Vivo inaugurou, em 20/04, uma nova usina de distribuição de energia no Norte, e passa a operar, a partir de maio de 2022, parâmetros mais restritos de Eco Rating por parte das fabricantes de smartphones.

A preocupação com o meio ambiente, unido ao marketing positivo, fez com que as companhias de telefonia focassem em evoluções ambientais nos últimos meses.

Além da Vivo, a Samsung também se destacou, apresentando seu relatório mais recente na evolução dos produtos. No comparativo, é possível identificar o abandono no uso de itens desnecessários, como ímãs, caixas e capas de fone de ouvido feitas de plástico, que geram lixo sem propósito, utilizado apenas uma vez pelo usuário.

Ainda, a marca também substituiu alguns componentes de plástico, trocando o material para papel. Nas versões mais modernas da linha S da Samsung, a caixa de acessórios foi integrada ao fundo da caixa, feita de material reciclado.

Quanto ao revestimento dos acessórios, a mudança passou de brilhante para fosco, pois, de acordo com a empresa, essa é uma solução mais ecológica por conta dos corantes utilizados. A alteração foi perceptível no lançamento especial para o Dia da Terra em 2022, que contou com itens sustentáveis para o Galaxy S21 5G e Galaxy Watch 4.

Essas medidas passaram a compor uma série de projetos sustentáveis que ganharam espaço na mídia, e integraram algumas das campanhas recentes de telefonia e marcas de smartphones.

Projetos sustentáveis se tornaram parâmetro para compra

O investimento de operadoras e fabricantes em projetos sustentáveis também se baseia nas novas percepções do consumidor. Isso porque esse fator se tornou um parâmetro que influencia nas decisões de compra do público.

Uma pesquisa realizada pela Mobile Intender Study aponta que 68% dos consumidores estão dispostos a pagar mais por produtos ecologicamente corretos. Além disso, 71% afirmaram querer que as marcas fossem socialmente responsáveis e/ou ecologicamente corretas, e a mesma porcentagem deseja que os produtos sejam duráveis.

Esses dados indicam uma mudança significativa no comportamento dos consumidores, mostrando que o público também está sendo influenciado pelas questões ambientais, desempenhando um papel cada vez maior no ciclo de compra. Isso aumenta a busca por produtos que tenham menos impacto no planeta e durem mais tempo.

Por esse motivo, as empresas passaram a se dedicar mais em projetos sustentáveis, para obter destaque no mercado e apresentar uma responsabilidade social e ambiental adequadas para atingir os usuários.

Consumidores ainda têm dúvidas sobre parâmetros de sustentabilidade e dados ambientais

Por outro lado, as empresas devem deixar claro as suas determinações ambientais, uma vez que o público ainda apresenta dúvidas sobre o tema, mostrando uma audiência disposta a considerar a responsabilidade ecológica da empresa, mas que busca aprender essas questões no dia a dia.

Um levantamento realizado pela equipe do Betway Insider, por exemplo, mostrou que, entre as pesquisas mais comuns feitas pelos usuários, se destacam questões como “o sol é verde?”.

O físico teórico e professor titular da IF-USP, Elcio Abdalla, explica que essa pode ser apenas uma impressão dos olhos de quem vê: “estrelas emitem vários comprimentos de onda. Podemos dizer que ele é da cor que o vemos, para nossos olhos, mas há uma enorme gama de frequências sendo emitidas pelo Sol”. Contudo, a dúvida é comum entre as pessoas com menos conhecimentos.

Outra questão diz respeito, por exemplo, ao tamanho do sol e de outras estrelas. O profissional, no entanto, esclarece: “Estrelas podem ser muito grandes, quanto maior, menos tempo vivem. A maior estrela conhecida parece ser a UY Scuti, perto do centro da via Láctea, sendo 5 bilhões de vezes mais massiva que o Sol, e tendo um raio 1.700 vezes maior”, explica o professor Abdalla em entrevista para a matéria especial do blog liderado pela Betway, site de jogos de roleta online.

Uma vez que essas pesquisas são comuns entre os usuários, os impactos das ações sociais de operadoras de telefonia devem ser acessíveis e fáceis de identificar, caso as empresas queiram atingir o público de consumidores da forma correta.

Redação Minha Operadora
Redação Minha Operadora
O mais acessado site de notícias sobre o setor de telecomunicações do Brasil. Mais de 17 mil artigos publicados com cerca de 1 milhão de páginas vistas todos os meses.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x
POCO F4 / POCO X4 GT no AliExpress