21/05/2022

Globo garante direito de transmissão da Copa do Mundo feminina de 2023

Emissora confirmou a transmissão do campeonato mundial durante em evento sobre o futebol feminino para o mercado publicitário.

A Rede Globo de Televisão conseguiu fechar acordo com a Federação Internacional de Futebol (Fifa) e ganhou o direito de transmissão da Copa do Mundo feminina de 2023. Essa é a primeira vez que a emissora irá exibir na TV aberta dois mundiais do esporte de mulheres seguidos. A transmissão na TV por assinatura ficará na responsabilidade do SporTV.

Até o momento, os direitos são exclusivos da Globo. O destaque do acordo entre a emissão e a Fifa é que o contrato atual que terminava este ano não incluía o campeonato feminino. Ou seja, houve uma negociação a mais entres os executivos das empresas para incluir o torneio no pacote.

De acordo com o Notícias da TV, ainda não foi feito um planejamento para a cobertura do evento. O que deve ser discutido depois da Copa masculina, que será realizada no Catar em novembro deste ano. A Copa do Mundo feminina está prevista para acontecer entre 20 de julho e 20 de agosto de 2023.

Entretanto, a emissora planeja exibir na TV aberta outras partidas além da Seleção Brasileira. Como os jogos ocorrerão na madrugada, fará com que a cobertura da Globo seja mais robusta. Por exemplo: na edição de 2019, na França, a emissora exibiu jogos do Brasil, além da abertura e da final. Na partida que causou a eliminação do Brasil (Brasil 1 x França 2) nas oitavas de final, a transmissão alcançou 32 pontos de audiência em São Paulo.

Na época, a Band também tinha os direitos de transmissão, com quem a Globo teve que dividir os direitos. Além disso, as partidas também foram tramitadas no SporTV e no Globoplay. Há a possibilidade de ocorrer um sublicenciamento, mas é algo que ainda não será discutido.

Em um evento sobre o futebol feminino para o mercado publicitário, que foi acompanhado pelo Notícias da TV, a Globo confirmou a transmissão da Copa do Mundo de 2023 para os anunciantes. Além do evento mundial, a emissora já garantiu os direitos do Brasileirão feminino, da Supercopa do Brasil e, na TV paga, da Copa América feminina, cujo direito de transmissão na TV aberta é do SBT.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários