21/02/2024

Disney+ segue Netflix e vai proibir compartilhamento de senhas; confira

Streaming Disney+ vai seguir os passos da Netflix e lançar atualizações sobre o sistema de compartilhamento de senhas.

Em meio à crescente disputa pela supremacia no setor de serviços de streaming, as empresas têm direcionado suas atenções para um desafio persistente: o uso indiscriminado de senhas compartilhadas. O sucesso recente da Netflix em combater o compartilhamento de contas entre múltiplos usuários parece ter sido um alerta para outras plataformas, levando agora a Disney a adotar uma postura semelhante. A primeira medida será aplicada na Índia, por meio do serviço Disney+ Hotstar.

Disney+

Conforme noticiado pela agência Reuters, a empresa está prestes a introduzir uma nova política de limitação de dispositivos, com o objetivo de conter a prática de compartilhamento de senhas e, simultaneamente, alavancar sua rentabilidade em um mercado altamente competitivo.

Anteriormente, o serviço de streaming Disney+ Hotstar na Índia permitia que os usuários Premium fizessem login em até dez dispositivos simultaneamente, apesar de oficialmente estabelecer um limite de quatro dispositivos para o pacote premium e dois dispositivos para o pacote mais barato, chamado Super.

A empresa adotou uma abordagem tolerante quanto ao compartilhamento de senhas, acreditando que isso atrairia mais assinantes, que eventualmente se tornariam clientes pagantes. No entanto, devido a desafios relacionados à lucratividade e à retenção de assinantes, a Disney+ Hotstar tomou a decisão de endurecer sua posição em relação a essa prática.

Agora, eles estão aplicando rigorosamente as restrições oficiais de dispositivos para os respectivos pacotes, a fim de garantir uma maior estabilidade financeira e a retenção de seus assinantes pagantes.

A estratégia de restringir o acesso a quatro aparelhos para contas Premium e a dois aparelhos para o pacote Super está em processo experimental e tem previsão de ser implantada ainda neste ano. A empresa Disney almeja que, ao motivar os utilizadores a realizarem suas assinaturas individualmente, não apenas reduzirá o compartilhamento de credenciais, mas também estimulará uma maior adesão de pessoas pagantes para suas próprias contas.

A Netflix afirma que essa estratégia tem dado certo

Recentemente, a Netflix publicou um comunicado indicando que a proibição de partilha de credenciais não acarretou em cancelamentos notáveis de inscrições. De fato, a companhia revelou que alcançou um volume inédito de novos clientes após aplicar a nova política.

A proposta remunerada de partilha de contas da Netflix já está presente em mais de cem nações e contribui de forma relevante para os seus ganhos financeiros. A empresa tem planos de ampliar essa iniciativa para outras áreas em breve.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários