20/05/2022

Cidades do Nordeste terão cobertura 5G em projeto piloto da Brisanet

Segundo o presidente da empresa, José Nogueira, além de municípios do interior nordestino, uma ‘grande capital' também será coberta.

Durante a conferência de divulgação de balanço financeiro do primeiro semestre de 2022, o presidente da Brisanet, José Roberto Nogueira, falou sobre os planos da empresa no processo de ativação comercial do 5G. Segundo ele, o projeto piloto que será lançado neste ano usará a banda de 2,3 GHz, e que irá cobrir um aglomerado de cidades no interior do Nordeste e uma ‘grande capital da região’.

O executivo afirmou que ainda não pode revelar quais cidades serão atendidas pelo projeto piloto por questão de estratégia. “Não podemos detalhar quais cidades exatamente serão atendidas agora por questões estratégicas. Mas no terceiro trimestre poderemos informar”.

Vale ressaltar que a Brisanet já possui acordo com a prefeitura de Jaboatão dos Guararapes (PE) para cobrir a cidade com a nova rede em frequência de 2,3 GHz, também como projeto piloto. No entanto, é um acordo que prevê a cobertura em 2023. Nogueira não informou se a cidade faz parte do projeto anunciado durante a conferência.

“O piloto acontecerá em parte de uma cidade grande, uma capital, e em um aglomerado de várias cidades no interior. A quantidade de cidades é estratégica. Em função da competição, não podemos abrir o tamanho do projeto, nem a quantidade de sites. A aquisição inclui core de rede e licenças antecipadas”, informou.

O presidente da Brisanet também explicou que a companhia vai usar uma topologia de rede própria para o 5G, com mais sites espalhados pelas cidades, preferencialmente em localidades centrais.

A empresa pretende recorrer a torres detentoras de infraestrutura passiva e da construção de torres próprias para tal. Mas segundo ele, este aporte será ‘pequeno’ em relação ao Capex, cuja previsão é que em 2022 fique em cerca de R$ 1 bilhão. No primeiro trimestre, os investimentos foram de R$ 550 milhões.

“Importante notar que transferimos parte do Capex em fibra para o 5G, reduzimos para 2,2 milhões casas passadas com fibra adicionadas este ano para prever a aceleração do 5G. Vamos terminar o ano com 8 milhões de HPs, sendo 6,8 milhões próprias da Brisanet e 1,2 milhão da Agility Telecom [braço de franquias do grupo]“, acrescentou.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários