21/05/2024

Operadoras informam que venda da Oi Móvel será concluída em 20 de abril

Unidade móvel foi vendida para a TIM, Vivo e Claro por R$ 16,5 bilhões no final do ano passado e já obteve aprovação dos órgãos competentes.

Nesta terça-feira (13), todas as empresas de telecomunicação envolvidas na operação da venda da Oi Móvel informaram por meio de Fato Relevante que a conclusão do processo será finalizada em 20 de abril. A unidade móvel (UPI Ativos Móveis) da operadora que está em recuperação judicial foi vendida por R$ 16,5 bilhões para a Vivo, TIM e Claro, no final do ano passado.

As empresas informaram ao mercado que trocaram notificações confirmando o cumprimento ou dispensa, conforme o caso, de “todas as condições precedentes para a conclusão da operação e, nos próximos dias, darão continuidade aos procedimentos necessários para o fechamento”.

A Oi também informou em outro comunicado que, em função do fechamento da operação da sua unidade móvel, foi iniciado a oferta pública para aquisição em dinheiro de todas as Notes com Garantia Sênior com vencimento em 2026, conforme a Cláusula 4.07 da escritura de emissão das notes, datada de 30 de julho de 2021, e juros remuneratórios semestrais de 8,750% com valor do principal agregado de US$ 880 milhões títulos de dívida (notes).

A operadora também informou que o valor de recompra será de U$S 1.029,17 por título. A Oferta Pública de Aquisição (OPA) será encerrada às 17h, horário de Nova Iorque, em 20 de abril de 2022, a menos que seja prorrogada pela Oi, a seu exclusivo critério.

Recuperação Judicial

Estava marcado para ocorrer a saída da Oi do processo de recuperação judicial em 31 de março de 2022, mas foi adiado por até 60 dias, devido a necessidade para acolher novas determinações do juiz responsável pelo processo, Fernando Viana, da 7.ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro.

A empresa de telecomunicações está em recuperação judicial desde 2016 após acumular uma dívida de R$ 65 bilhões com 55 mil credores. Desde então, a Oi tem colocado em prática um plano de recuperação, que inclui as vendas de ativos, descontos nos pagamentos a credores e prorrogação de prazos.

3 COMENTÁRIOS

Se inscrever
Notificar de
guest
3 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais Votados
Feedbacks embutidos
Ver todos os comentários