21/05/2022

Globo usa rede 5G da Claro para transmitir o Carnaval de São Paulo

Cinegrafista usou um equipamento que se conectou à rede, onde ele pode acompanhar todo o percurso do desfile sem ficar preso a cabos.

Neste último fim de semana aconteceu a primeira etapa do Carnaval 2022 com desfiles no Rio de Janeiro e São Paulo. Embora muitas pessoas não tenham notado, a transmissão realizada pela Rede Globo do Grupo Especial de São Paulo foi feita com o auxílio da rede 5G. O desfile contou com uma cinegrafista em meio aos passistas, exibindo a imagem sucatadas em tempo real e alta resolução.

A cobertura foi feita por meio do 5G em ondas milimétricas, onde foi usado uma “Mochilink”, uma mochila adaptada com módulo 5G para transmissão, que acessava a rede. Com isso, o profissional pode seguir todo o percurso do desfile sem precisar ficar preso a cabos. Na transmissão foi utilizado equipamentos com a rede 5G mmWave da Claro em parceria com a Ericsson.

O kit do Mochilink se conectou à rede na frequência de 26 GHz com velocidade superiores a 2,5 Gbps, onde a Claro foi uma das compradores desse espectro no leilão realizado em novembro de 2021 pela Anatel. O uso dessa tecnologia é defendida pela Claro em eventos de grande volume de pessoas, uma vez que as redes baseadas em ondas milimétricas tem o poder de processamento de dados e baixas latências.

“Com a rede de quinta geração, a Claro quer trazer ainda mais possibilidades e melhorar a experiência para as programadoras, além de aprimorar a forma como o telespectador se relaciona com as transmissões ao vivo. A aplicação da tecnologia é mais um passo da Claro na implantação do 5G no país”, comenta Paulo César Teixeira, CEO da Claro.

Para que a transmissão acontecesse foi instalada a rede 5G no Sambódromo do Anhembi em colaboração com a Ericsson, Casa Systems, Intelbras, Motorola e Qualcomm que apoiaram as demonstração com dispositivos (CPEs, APs Wi-Fi e Smartphones). Foi usado no Mochilink um smartphone da linha Edge da Motorola com Snapdragon 8 Gen 1, com sistema de modem-RF Snapdragon X65, da Qualcomm.

Durante o evento, a Claro montou um espaço especial no camarote Confraria, onde instalou internet fixa baseada no 5G por meio de modems conectados que captava o sinal de banda larga da operadora e retransmitia a capacidade para pontos de acessos WiFi tradicionais.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

1 COMENTÁRIO

Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários