24/05/2022

TIM, Vivo e Claro definem áreas das capitais que terão sinal 5G ativados

Conforme o edital, as operadoras devem instalar uma antena para cada 100 mil habitantes das capitais, sem referência às áreas de cobertura.

Nesta semana, as operadoras Claro, Vivo e TIM, que arremataram lotes de frequências no leilão 5G realizado em novembro do ano passado, informaram ao Gaispi, grupo responsável por supervisionar e traçar diretrizes da limpeza de faixa, as áreas das capitais que serão ativados o sinal da quinta geração de internet móvel na modalidade standalone, também chamado de “5G puro”.

No entanto, por motivos de estratégias comerciais das empresas, os dados dos locais que terão cobertura 5G não foram revelados. De acordo com o edital da licitação, as teles devem instalar uma estação radiobase (ERB) para cada 100 mil habitantes das capitais, sem referência às áreas de cobertura. Ou seja, não é obrigatório que as antenas fiquem espalhadas ou próximas umas das outras.

Para a EAF, entidade responsável pela limpeza da faixa de 3,5 GHz no país, a antecipação dos polígonos de cobertura 5G é muito importante. Isto porque, com o mapa das primeiras áreas que terão o sinal 5G SA, é possível a organização para a troca dos sistemas de serviços profissionais satelitais, conhecidos como FSS.

Estes sistemas usam a banda C estendida (3,7 GHz), por isso é necessário substituí-los. Em alguns casos, será possível a mitigação das interferências causadas pelo 5G sobre o FSS apenas com o uso de filtros. De acordo com dados do Gaispi, até o momento existem 1.357 estações FSS nas capitais que receberão os filtros de mitigação, e 212 que serão trocados.

Nesta quarta-feira (20), ficou decidido em uma reunião extraordinária do Gaispi que tal data seria o dia de corte para o cadastro das estações FSS solicitarem filtro. Os proprietários de ERBs que seriam substituídas tiveram até o dia 1º de abril para se cadastrar no site da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A partir de agora, caberá a EAT identificar quais as estações cadastradas estão sujeitas a cada procedimento e entrará em contato diretamente com os afetados ou divulgará apropriadamente um canal de contato com os interessados. Com o mapa das áreas em mãos, a entidade irá priorizar o atendimento nos locais onde o sinal será afetado.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários