06/07/2022

66 mil chips de internet móvel foram entregues a estudante do ensino superior pela RNP

Relatório da Rede Nacional de Pesquisa (RNP) também aponta a ampliação nas Unidades de Saúde da Família conectadas à internet.

De acordo com o relatório de atividades desenvolvidas pela Rede Nacional de Pesquisa (RNP), em 2021 foram distribuídos 66.269 mil chips de banda larga móvel para estudantes da rede ensino superior.

O projeto do Ministério da Educação (MEC), apoiado pela RNP, foi estendido e o número de estudantes das Instituições de Ensino Superior (IES) da rede federal de todo o país beneficiados com internet gratuita quase dobrou no ano. Houve um crescimento de 43,7% no número de chips entregues, em comparação com o ano anterior.

Foram distribuídos chips em todas as regiões do Brasil, sendo que o Nordeste foi a que mais recebeu, com 24.468 chips entregues, seguida do Norte, com 19.402 e Sudeste, com 11.764. O Centro-Oeste recebeu 7.024 chips, enquanto foram entregues 3.611 chips na região Sul.

Segundo o levantamento realizado pelo MEC na época, apontou que existiam cerca de 906 mil estudantes vinculados a essas instituições de ensino que estão em situação de vulnerabilidade econômica, sem poder ter acesso à internet devido a aparência do covid-19.

O relatório também aponta a ampliação do número de Unidades de Saúde da Família (USFs) conectadas à internet gratuita em todo o Brasil. Foram adicionadas 375 novas USFs conectadas, total online 1.687, no projeto de conexão apoiado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e o Ministério da Saúde (MS).

Novo Contrato de Gestão para o período de 2021-2030

No relatório, foi revelado a renovação do contrato de gestão existente entre o governo federal, por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). De acordo com a Comissão de Acompanhamento e Avaliação (CAA), o contrato foi renovado pela com duração inédita de dez anos (2021-2030)

No novo contrato foram estabelecidos sete objetivos:

  • Apoiar a pesquisa e promover o desenvolvimento tecnológico e a inovação em TIC orientados à criação e oferta de serviços e negócios digitais;
  • Prover ciberinfraestrutura avançada ubíqua, segura, de alta disponibilidade e desempenho para educação, pesquisa, inovação e transformação digital;
    Promover a capacitação profissional e o desenvolvimento de competências para o uso intensivo das TIC;
  • Ofertar plataformas, serviços, suporte técnico especializado e aplicações digitais para educação, pesquisa e inovação;
  • Apoiar as políticas públicas em educação, ciência, tecnologia e inovação, e suas aplicações setoriais, associadas ao Programa Interministerial para o Desenvolvimento e Manutenção da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (PRO-RNP), visando a consolidação e sustentação do Sistema RNP;
  • Promover o fomento e a cooperação com a comunidade científica e setores público e privado, mediante parcerias e prestação de serviços, articulando arranjos globais, nacionais, regionais e locais.

ViaRNP
Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x