06/07/2022

Envio de SMS com alertas para desastres naturais passaram dos 100 milhões em janeiro

São Paulo é o estado que registrou o maior número de mensagens enviadas nesse 1º mês de 2022, seguido de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Há mais de dois anos que o mundo está tendo que conviver com o vírus da Covid-19, assim como com desastres naturais. Entre os trabalhos das empresas de telefonia móvel em tais situações está o envio de SMS como alertas. Somente em janeiro deste ano foram enviadas 116,9 milhões de mensagens de textos com alertas para risco de desastres naturais, sendo que 80% foram sobre chuvas intensas.

O estado que registrou o maior número de SMS enviados em janeiro de 2022 foi São Paulo, com 58,3 milhões, seguido por Minas Gerais com 21,5 milhões e pelo Rio de Janeiro com 12,8 milhões.

O sistema foi implantado pelas operadoras em parceria com a Defesa Civil dos Estados e com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e é coordenado pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), do Ministério do Desenvolvimento Regional.

De acordo com o presidente-executivo da Conexis Brasil Digital, o recurso faz parte de uma série de ações tomadas pelo setor de telecomunicações para melhorar o cotidiano da população. “O envio de SMS se soma a uma série de iniciativas do setor de telecom para melhorar o dia a dia da população. O envio de SMS é uma ferramenta importante e, vale destacar, o serviço é gratuito. A pessoa só precisa se cadastrar”.

Para receber os alertas, o usuário deve enviar uma mensagem pelo seu aparelho celular para o número 40199, com CEP do endereço que será monitorado. A partir daí, as pessoas cadastradas no sistema passam a receber alertas de forma gratuita, pois os custos de envio das mensagens são custeados pelas prestadoras.

LEIA TAMBÉM:

–> Telefonia móvel encerrou 2021 com mais de 253 milhões de acessos

–> Claro ganhou mercado em todos os 5 segmentos da telefonia móvel em 2021

–> Operadoras autorizadas possuem mais linhas de telefonia fixa do que as concessionárias

SMS enviados em 2021

Em 2021, as operadoras de telefonia móvel enviaram 762,9 milhões de SMS com alertas para risco de desastres naturais, como chuvas fortes, alagamentos e granizo, assim como mensagens de texto sobre a Covid-19. Entre esses alertas, 18,176 foram emitidos pela Defesa Civil e, desde 2017, acumulou 58,334 alertas.

A maior parte dos alertas foi de chuvas intensas, com 67% dos SMS. Informações sobre baixa umidade do ar somaram 12% das mensagens e informações sobre doenças infecciosas virais (Covid-19) somaram 8% dos alertas, seguida de alertas sobre granizo (3%). Também foram enviados SMS com alertas sobre deslizamentos, vendavais, alagamentos, inundações, onda de frio, enxurradas e incêndios.

Em relação aos estados, São Paulo registrou 347,2 milhões de SMS enviados, seguido do Rio de Janeiro com 112,1 milhões e Minas Gerais com 108,1 milhões.

Criado em fevereiro de 2017 para Santa Catarina, o sistema de envio de alertas foi ampliado gradativamente, estando em todo o país desde fevereiro de 2018. Desde que foi criado, já foram enviados aos usuários cadastrados 2,6 bilhões de mensagens.

Cleane Lima
Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x