App Apple TV para Google/Android TV não permite mais comprar ou alugar filmes

Ainda existe uma única forma de continuar adquirindo filmes no Android TV e no Google TV; veja como.

O aplicativo Apple TV chegou ao Google TV no início de 2021 e no Android TV no fim de 2021, completo com acesso ao Apple TV+, canais e a capacidade de alugar e comprar filmes do iTunes diretamente no dispositivo.

apple-tv-plus-participacao-mercado-global
Foto: Reprodução Internet

A atualização mais recente do aplicativo removeu a opção de alugar e comprar filmes em dispositivos Android TV e Google TV. Os dois botões foram substituídos por um novo botão “Como assistir” que diz: “Você pode comprar, alugar ou assinar o aplicativo Apple TV no iPhone, iPad e outros dispositivos de streaming”. […]

Não está claro porque a Apple rebaixou seu aplicativo na Android TV e no Google TV, mas isso pode estar relacionado às taxas de comissão.

O motivo gira em torno da Apple e o Google não conseguirem chegar a termos mutuamente aceitáveis ​​sobre comissões de pagamento no aplicativo. Até esta atualização, a Apple estava funcionando com uma isenção para não usar o IAP do Google.

A isenção expirou, então a Apple TV na Android TV agora é “somente leitor”. A Apple TV na plataforma Fire da Amazon há muito tempo é “somente leitor” também pelo mesmo motivo: a Apple prefere não vender ou alugar nenhum conteúdo nessas plataformas enquanto paga ao Google/Amazon as comissões que eles exigem.

Até agora, outros dispositivos compatíveis com o Apple TV como smart TVs da LG/Samsung e aparelhos da Roku ainda contam com a habilidade de comprar/alugar filmes. Por enquanto, a única forma de continuar adquirindo filmes no Android TV e no Google TV é não atualizando o aplicativo.

Embora a Apple TV+ tenha apresentando um crescimento lento no mercado, a sua participação global no setor registrou aumento nos últimos cinco anos, chegando próximo da participação do HBO Max.

De acordo com relatório da JustWatch, o streaming da fabricante de iPhones teve perdas de alguns usuários depois que reduziu o período de teste gratuitas para novos clientes em julho de 2021. Entre julho e setembro do ano passado, a participação de mercado do Apple TV+ caiu para menos de 5%, mas apresentou uma leve recuperação de assinantes em outubro, ultrapassando a marca de 5%.

Este ano, o streaming já apresentou um melhor desempenho, mesmo que pequeno. Em fevereiro de 2022, a participação de mercado global do Apple TV+ era de 5,6%, o que ainda está muito longe de grandes concorrentes como Disney+, que possui 17,6% de participação global, No entanto, está chegando perto do market share do HBO Max.

Carolina Veneroso
Carolina Veneroso
Jornalista, formada pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como repórter, redatora e com produção de conteúdo há 5 anos. Apaixonada por entrevistar e conhecer pessoas e novas histórias.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários
0
O que você acha? Comente!x