InícioTelefonia CelularUnifique adquire mais um provedor regional em Santa Catarina

Unifique adquire mais um provedor regional em Santa Catarina

Desde que abriu o seu capital na Bolsa de Valores, a Unifique tem expandido seus negócios e comprado provedores catarinenses; saiba detalhes.

A Unifique anunciou na última sexta-feira, 22, a compra de mais um provedor de internet regional em Santa Catarina, a Click SBS, dona de rede fibra óptica da cidade de Itapoá. Com a nova aquisição, a telecom reforça a operação em fibra óptica no estado do Sul.

A Unifique pagou R$ 7,5 milhões pela aquisição da Click SBS, que além de emplacar a infraestrutura óptica da provedora, ainda pode ganhar a transferência de 3 mil clientes, acordo envolvido no negócio e obrigações de indenização assumidas. Para cada assinante é previsto um valor de R$ 2,5 mil.

“Embora a aquisição não represente montante relevante quando comparado aos ativos, à receita operacional líquida ou mesmo ao número de clientes da companhia, a aquisição reforça a presença da companhia no estado de Santa Catarina”, avaliou a Unifique.

Até setembro deste ano, a empresa de telecomunicações já comprou oito operadoras na região Sul, sendo a Click SBS a nova aquisição da telecom. Com isso, a empresa chega a marca de 400 mil acessos, com expectativa de chegar a 490 mil clientes até o final do ano.

LEIA TAMBÉM:

–> Brisanet e Unifique tem ações recomendadas para compra na B3

–> Unifique anuncia a compra de três operadoras em Santa Catarina

–> Unifique vai às compras após processo de IPO


Os oito provedores comprados pela Unifique são: BKTech, Naja, TKNet, Neofibra, Zappen, Fibramax, SSTV e MKS. As mais recentes aquisições foram da MKS Net e Fibramaxx, compras realizadas também neste mês de outubro.

O grupo Unifique tem crescido desde que abriu o seu capital na B3 em julho deste ano, quando levantou R$ 818 milhões. Como prometido na época, o dinheiro está sendo direcionado para a expansão de sua rede, como a aquisição de outros provedores regionais.

A Unifique estreou na Bolsa de Valores (B3) com valores entre R$ 8,41 e R$ 10,49. Na época, a telecom emitiu 95,1 milhões de ações, que resultaram no aumento do seu capital social.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários