InícioTelefonia CelularJustiça determina que a Vivo reestruture sua rede em cidade de São...

Justiça determina que a Vivo reestruture sua rede em cidade de São Paulo

Se a Vivo não fazer a melhoria na rede dentro do prazo estabelecido, ela ficará sujeita a pagar multa de até R$ 500 mil.

A rede de Internet e Telefonia da Vivo tem sido alvo de constantes reclamações em Pereira Barreto, município do estado de São Paulo. Os moradores reclamaram em redes sociais que ficaram constantemente sem sinal de Internet e Telefonia na cidade.

Devido às reclamações, a Prefeitura da Estância Turísticas de Pereira Barreto, acionou a justiça para que a companhia faça reparações na rede. O pedido foi aceito pelo Tribunal de Justiça, e agora a Vivo tem o prazo de 15 dias para apresentar um projeto para reestruturar a sua rede.

Caso o projeto não seja apresentado dentro do prazo, a companhia deverá pagar uma multa no valor de R$ 200 mil. Para cada dia atrasado ficou determinado uma multa de R$ 10 mil até a apresentação.

VEJA TAMBÉM:

–> Justiça determina que Vivo reajuste aluguel que é pago à idoso

–> Clientes móveis da Vivo podem assinar o Star+ com 25% de desconto

–> Vivo é condenada pela Justiça por não cumprir contrato


Após a apresentação do projeto, a Vivo passa a ter mais 15 dias para implementar a melhoria na rede. Todo o serviço deve ser finalizado em até 60 dias corridos, e se não completado, a empresa de telefonia celular pagará uma multa de R$ 500 mil. E multa de R$ 20 mil a cada dia de atraso até a conclusão do serviço.

No documento da ação, a Vivo deve melhorar as instalações em local diferente da atual, para que sejam evitadas situações recorrentes como queda de galhos e árvores.

De acordo com o Secretário de Assuntos Jurídicos, Emilio Chiesa, a Vivo se ausentou da culpa dos problemas na rede.

“A empresa alegou que todos os problemas foram causados por imprevistos e que não teria responsabilidade nesses casos. Mas argumentamos que muitas vezes a ineficiência no serviço não foi inevitável. Acompanhamos diversas vezes a queda da Internet e da telefonia de forma recorrente. O Sistema Único de Saúde foi um dos grandes prejudicados pelas interrupções”, afirmou Emílio Chiesa.

Cleane Lima
Jornalista, Comunicóloga, Repórter e Redatora há mais de 3 anos, com experiência na produção e revisão de conteúdo para internet. Adora escrever sobre qualquer assunto. "Palavras são, na minha humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia". Alvo Dumbledore.

6 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
6 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários