Wi-Fi Brasil instala mais de 13 mil pontos de internet via satélite pelo país

Programa é coordenado pelo MCom e pretende atingir a marca de 18 mil pontos instalados até o final do ano.

Menino de boné utilizando o celular na frente de casa.
Imagem: Cléverson Oliveira/MCom.

De acordo com o Ministério das Comunicações (MCom), nos últimos dois anos, foram instalados 13.213 pontos de internet via satélite banda larga e de alta velocidade em regiões remotas do país.

As instalações foram realizadas pelo programa Wi-Fi Brasil, coordenador pelo MCom, em parceria com a Telebras. O levantamento foi divulgado na última-terça-feira, 16.

Segundo os dados divulgados pela pasta, cerca de 8,5 milhões de pessoas foram atendidas pelo projeto. Os principais beneficiados são moradores das regiões Norte e Nordeste, que representam 80% do total.

Além disso, mais de 3 mil municípios brasileiros, o que representa mais da metade dos 5.570, já foram atendidos pelo projeto.

Agora, a expectativa do governo é de que o número de pontos instalados ultrapasse a marca de 18 mil até o final deste ano.

VIU ISSO?

–> Google vai criar pontos de Wi-Fi gratuitos em todo o Brasil

–> Decisão histórica da Anatel vai melhorar uso do Wi-Fi no Brasil

–> Agências do Banco do Brasil terão acesso gratuito à internet

Ainda de acordo com o balanço divulgado pelo MCom, dos 13 mil pontos instalados, cerca de 10 mil estão localizados em locais afastados dos grandes centros urbanos.

A pasta afirma que a velocidade desses pontos de conexão instalados nas áreas rurais e isoladas do país variam entre 10 e 20 MB por segundo.

Wi-Fi Brasil

O projeto do governo federal tem duas formas de atuação. A primeira delas acontece por meio da instalação de antenas e roteadores em locais mais afastados dos centros urbanos, como aldeias indígenas e assentamentos rurais, ou localidades mais específicas como escolas e unidades básicas de saúde.

A segunda forma de atuação acontece com a instalação de antenas em praças públicas, com acesso livre a gratuito para todos.

O sinal recebido pelas antenas do programa é enviado pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC).

O equipamento brasileiro entrou em órbita em 2017 e fica a mais de 36 mil quilômetros de distância da Terra.

Isso faz do SGDC o único equipamento nacional capaz de oferecer internet banda larga de alta velocidade para todas as regiões do país.

Com informações de Agência Brasil.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários