Por falta de chip, Samsung pode atrasar lançamento do novo Galaxy Note

Crise no mercado de semicondutores afeta produção de smartphones, consoles de games e até mesmo veículos.

Por conta de uma crise mundial na produção de chips semicondutores, a Samsung pode acabar atrasando para o ano que vem o lançamento do novo Galaxy Note.

O smartphone é um dos principais produtos da companhia sul-coreana, sendo um dos modelos mais vendidos neste ano.

A crise no mercado de semicondutores é provocada pela redução na produção nas fábricas de chips em todo o mundo desde o ano passado, por conta da pandemia da Covid-19.

A falta de materiais atinge em cheio grandes empresas globais de eletrônicos.

VIU ISSO?

–> Samsung lança modelo do Galaxy A com 5G e outras novidades

–> Smartphones da ‘Samsung’ são os mais falsificados no mercado

–> Operadoras antecipam venda da linha Samsung Galaxy S21

Soma-se à escassez de chips o congestionamento de materiais parados em portos em todo mundo.

Além disso, com mais pessoas em casa, também aumentou a procura por eletrônicos em todo mundo, para garantir o entretenimento doméstico durante o isolamento social.

A crise vai muito além dos smartphones e também está afetando a produção de videogames e, até mesmo, de carros.

A Volkswagen, por exemplo, deixou de produzir cerca de cem mil veículos em todo o mundo nesta semana.

A falta de peças também afeta as fábricas da Toyota e Honda na América do Norte, que também estão enfrentando paralisações por conta do inverno rigoroso na região.

Além de atrasos no lançamento de novos produtos, o desequilíbrio entre a oferta e a demanda também pode levar a um aumento de preços.

Para resolver a questão, a Samsung tem buscado parcerias com empresas de fora da Coréia do Sul, para suprir a falta de materiais e manter os lançamentos de aparelhos planejados para este ano.

Com informações de O Globo e Isto É Dinheiro.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
1 Comentário
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários