InícioTV por Assinatura'Nós apostamos na simplicidade’, diz NetMovies

‘Nós apostamos na simplicidade’, diz NetMovies

Serviço disponibiliza gratuitamente filmes e séries via streaming. Em entrevista exclusiva, CEO compara o AVOD como um ‘upgrade’ da TV aberta.

Desde outubro de 2020, a NetMovies passou a ser uma opção gratuita de streaming de séries e filmes no país.

A Encripta, controladora da NetMovies, resolveu apostar de vez no mercado AVOD (Video Advertising on Demand), no qual o conteúdo é entregue ao usuário de forma livre e gratuita, mas contém inserções publicitárias.

O modelo é diferente do SVOD (Subscription Video on Demand), que oferece conteúdo ao consumidor por meio de uma assinatura.

Em entrevista exclusiva para o Minha Operadora, Marcelo Spinassé, CEO da Encripta, afirmou que o segmento AVOD terá seu espaço no futuro do streaming.

VIU ISSO?

–> NetMovies disponibiliza filmes brasileiros de graça no YouTube

–> NetMovies supera a marca de 100 milhões de views no YouTube

–> NetMovies e Looke disponibilizam filmes de Zé do Caixão

“Assim como o SVOD é um ‘upgrade’ da TV a cabo, o AVOD é um ‘upgrade’ da TV aberta”, disse Spinassé.

Além do site e aplicativo, a NetMovies também disponibiliza séries e filmes completos e gratuitos no canal do YouTube.

Para impulsionar a base de clientes, o executivo afirma que está fazendo parcerias com operadoras e provedores de internet para ampliar a distribuição do serviço.

“Estamos fazendo integração com estes parceiros para facilitar os acessos de seus clientes. Lembrando que o serviço agrega valor, principalmente para os usuários de banda larga, e é gratuito”, diz Spinassé.

Confira os principais trechos da entrevista com Marcelo Spinassé, CEO da Encripta.

O que levou a NetMovies a abandonar o modelo de cobrança de assinatura para a disponibilização de conteúdo de forma gratuita e suportada por publicidade?

Uma questão estratégica e de mercado. O grupo já possui uma plataforma SVOD que é o Looke e não fazia sentido duas ofertas SVOD. Decidimos apostar no crescimento do mercado AVOD e neste crossover da marca NetMovies.

Você acredita que essa seja uma nova tendência do mercado de streaming?

Certamente o AVOD terá seu espaço no futuro do streaming. Analogamente, assim como o SVOD é um “upgrade” da TV a cabo, o AVOD é um “upgrade” da TV aberta.

Quais são os principais diferenciais da NetMovies?

Nós apostamos na simplicidade. Nossa oferta é de filmes e séries, não canais – tudo fica on demand. A experiência de navegação é idêntica a das plataformas SVOD, porém não é necessário pagar nada para assistir aos filmes e séries.

Hoje, qual é o público alvo da NetMovies?

Nosso público é muito similar aos das plataformas de SVOD. 51% homem, 49% mulheres. 78% com curso superior, na sua maioria classe A, B e C. 75% Idade de 18 a 45 anos. 58% da audiência é pela TV conectada e 28% por dispositivos móveis.

A empresa planeja disponibilizar futuramente canais lineares em sua plataforma?

Não temos isto como estratégia. Nosso objetivo é ter uma oferta similar aos serviços de SVOD, porém gratuito.

Hoje, quais são os principais parceiros da NetMovies?

Temos mais de 150 parceiros de conteúdos atualmente. Compramos conteúdo do mundo todo e estamos sempre buscando novos títulos. Já temos os acordos com o Google e temos o 360. A Verizon Midia e a Magnite são outros parceiros também.

Quais são os principais planos futuros da NetMovies para o mercado de streaming brasileiro?

Ampliar a oferta de conteúdos, trazendo mais títulos internacionais e de qualidade para ampliar a base de clientes. Também temos uma frente específica para buscar conteúdos nacionais para ofertarmos na plataforma.

Existe alguma intenção de tornar o Looke em um serviço gratuito, a exemplo da NetMovies?

O Looke e Netmovies são do mesmo grupo, porém a estratégia para ambas as plataformas é diferente. O Looke fica com foco no SVOD e a NetMovies, AVOD.

Abaixo, um exemplo de filme completo disponibilizado gratuitamente pela NetMovies no YouTube.

https://www.youtube.com/watch?v=PeuAU5FEavQ

Perfil

Marcelo Spinassé é fundador e CEO da Encripta, empresa brasileira de tecnologia de streaming e distribuição audiovisual, sendo responsável pela idealização, lançamento e gestão das plataformas Looke, Cinema Virtual, Netmovies e da distribuidora de cinema Elite Filmes.

Contador por formação, Marcelo é empreendedor para o mercado de distribuição digital de conteúdo no Brasil e no exterior. Anteriormente, atuou em empresas como Lojas Americanas, EMI Music Brasil, assim como na distribuição de DVDs dos conteúdos do canal Discovery.

Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
CONTEUDO RELACIONADO

2 COMENTÁRIOS

Acompanhar esta matéria
Notificação de
2 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários

MAIS POPULARES