Marcos Bafutto toma posse como diretor comercial da Telebras

Engenheiro, que já passou pela Anatel e Telefônica Brasil, entra no lugar de Bráulio de Paula Machado.

Marcos Bafutto falando durante a 16ª Rio Wireless.
Imagem: CDTV.

O engenheiro Marcos Bafutto tomou posse nesta quinta-feira, 25, como diretor comercial da Telebras, substituindo seu antecessor, Bráulio de Paula Machado. A posse aconteceu durante a 267ª reunião extraordinária da empresa.

Bafutto é formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Goiás (UFG), com mestrado em Engenharia de Telecomunicações pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

Além disso, o novo diretor comercial da Telebras é doutor pela Universidade de Stuttgart, na Alemanha.

Bafutto começou sua carreira profissional em 1984, como engenheiro no Departamento de Planejamento de Marketing da Telegoiás, empresa pertencente ao então Sistema Telebras.

Já entre os anos de 1989 e 1994, atuou como pesquisador assistente no Instituto de Comutação de Informações e Técnica de Dados da Universidade de Stuttgart.

VIU ISSO?

–> Possível privatização impulsiona ações da Telebras

–> Governo inclui Telebras no orçamento do MCTIC

–> Telebras vai abrir novo concurso público

Depois disso, ele voltou a trabalhar na Telebras, como gerente de Divisão de Redes Especializadas, onde ficou responsável pelo planejamento de redes de comunicação de dados, RDSI e satélites no âmbito do Sistema Telebras.

O atual diretor comercial da Telebras também ficou responsável pela Gerência-Geral de Satélites e Serviços Globais, quando atuou na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), entre 1997 e 2000.

Além disso, já foi da diretoria de Regulamentação da Telefônica Brasil, dona da Vivo, durante 13 anos, entre 2006 e 2019.

Telebras

Bafutto assume a diretoria comercial da Telebras no momento em que a empresa passa por uma recuperação financeira.

Segundo os resultados financeiros de 2020, divulgados neste mês, a empresa acumula um prejuízo líquido de R$ 106,2 milhões.

No entanto, esse prejuízo já foi de R$ 237,5 milhões em 2019. Sendo assim, o balanço mostra que o rombo caiu 55,28%, ou seja, mais da metade.

Em 2020, a receita operacional bruta da Telebras foi de R$ 329,0 milhões, valor que é 24,3% maior do que o reportado em 2019.

Com informações de Telebras.

Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários