Bridgerton: Produção se torna a série mais assistida da Netflix

Produção dramática é baseada nos livros da romancista americana Julia Quinn.

Imagem promocional de Bridgerton

A Netflix anunciou que Bridgerton se tornou a série mais assistida da história da plataforma de streaming.

De acordo com a companhia, 83 milhões de lares assistiram a série dramática nos primeiros 28 dias após o lançamento, em 25 de dezembro de 2020.

Além disso, Bridgerton figurou entre o número um na lista do “Top 10” da Netflix em 83 países, incluindo o Brasil.

Em um mundo dominado pela cultura pop e por produções de ficção científica e fantasia, Bridgerton surge como uma série de drama romântico e de época, baseada na série de livros da americana Julia Quinn.

VIU ISSO?

–> Netflix divulga trailer para sua nova série de época, ‘Bridgerton’

–> Séries de sucesso impulsionam resultados da Netflix

–> Netflix receberá um curioso novo recurso neste semestre

O sucesso na plataforma de streaming também fez impulsionar a procura pelos livros, figurando entre os mais vendidos na lista do The New York Times.

“Bridgerton mostrou que o romance pode ser inteligente, dinâmico, ousado e, sim – universalmente atraente”, disse Jinny Howe, vice-presidente de séries originais da Netflix.

A série se passa em uma fictícia Londres de 1813, apresentando o competitivo mundo da alta sociedade britânica.

A produção chamou a atenção pelo empoderamento de negros e mulheres, conectando-se a diferentes públicos do mundo contemporâneo.

A Netflix já confirmou a produção da segunda temporada de Bridgerton.

Com informações de Netflix.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 9 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários