TIM pode espelhar planos móveis da Oi

Pietro Labriola, presidente da tele, reconheceu a proposta como solução simples; empresa deve recorrer a financiamento bancário para pagar compra.

Ilustração TIM e Oi
Imagem: Ilustração TIM e Oi

De acordo com Adrian Calaza, diretor financeiro da TIM Brasil, a operadora pode recorrer a bancos brasileiros para financiar a compra da Oi Móvel.

Um comunicado da própria destacou que a companhia vai arcar com 44% do valor total de compra, orçado em R$ 16,5 bilhões.

Isso significa que a parcela da TIM será de R$ 7,3 bilhões, a maior parte.

O restante será pago pelas operadoras Claro e Vivo, que formaram um consórcio com a empresa do grupo Telecom Itália.

A previsão é que a tele termine o ano com R$ 4 bilhões em caixa, um valor que até reduz a necessidade de obter financiamento.

Mas, a probabilidade continua em cheque.

VIU ISSO?

–> Aclamado ou cancelado? Clientes reagem ao novo TIM Beta

–> Oi anuncia fibra óptica de 5ª geração para 2021; conheça

–> Entidade pretende questionar Cade e Anatel sobre venda da Oi Móvel

Pietro Labriola, CEO da TIM Brasil, comentou sobre a possível “demora” na aprovação do negócio e adiantou que a empresa vai adotar uma postura de “respeito constitucional”.

Assim, entidades como o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) e Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) poderão fazer o trabalho correto de avaliação.

No caso dos clientes da Oi que devem migrar para a TIM, Labriola anunciou que não será necessário trocar o chip, tudo será feito de forma automática.

A ideia é não criar obstáculos para os clientes.

Outra solução reconhecida como simples pelo executivo é o espelhamento dos planos móveis da Oi para os clientes oriundos.

No entanto, a operadora ainda estuda como poderá viabilizar essa prática.

Com informações de Valor Econômico

About Anderson Guimarães
Jornalista com cinco anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
9 Comentários
mais antigo
mais novo mais votado
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários