Telefonia, internet e TV Paga ficam mais caras em novembro

IPC-M variou 0,72% acumulando alta de 4,42% nos últimos doze meses.

O Instituto Brasileiro de Economia (IBRE), da Fundação Getulio Vargas (FGV), divulgou relatório em que aponta que o índice de Preços ao Consumidor – Mercado (IPC-M) variou em novembro 0,72% em relação ao mês anterior, que havia variado 0,64%.

Nos últimos doze meses, o IPC-M já acumulou alta de 4,42%.


Entre as classes de despesas, o de Comunicação foi um dos grupos que apresentaram acréscimos em suas taxas, variando de 0,08% para 0,09%.

De acordo com o instituto, especificamente no combo formado pela telefonia, internet e TV por assinatura a variação foi de 0,01% em outubro para 0,19% em novembro.

Além de Comunicação, Transportes (0,12% para 0,94%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,04% para 0,16%) também aumentaram preços.

VIU ISSO?

–> Anatel lança app que compara preços de operadoras

–> Presidente da TIM defende aumento de preços da internet móvel

–> O que fazer se cobrarem dois valores pelo mesmo serviço ou produto?

Por outro lado, os grupos de Alimentação (1,90% para 1,61%), Habitação (0,32% para 0,23%) e Despesas Diversas (0,12% para -0,04%) registraram decréscimo em suas taxas.

ECONOMIZE! 💰 Compare os planos das operadoras de celular e escolha o mais vantajoso para você.

Com informações de IBRE/FGV.

About Hemerson Brandão
Jornalista, gestor e produtor de conteúdo. São 8 anos trabalhando com blogs, revistas, agências e clientes corporativos. Apaixonado por ciência, tecnologia e exploração espacial.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários