InícioTV por AssinaturaNetflix deve superar receita da Globo até 2022

Netflix deve superar receita da Globo até 2022

Cada vez maior no país, Netflix já superou concorrência da TV por assinatura e de outros canais abertos.

Reed Hastings, CEO da Netflix. Imagem: Site oficial

A Globo ainda está na frente da Netflix no Brasil, mas não por muito tempo, provavelmente. De acordo com um levantamento feito pela empresa QR Capital, o streaming deve superar a emissora até 2022.

Com o fechamento do segundo trimestre do ano, a estimativa é que a Globo tenha um faturamento de R$ 9 bilhões no fim de 2020.


O da pioneira do streaming ainda é distante, deve ficar em R$ 6,7 bilhões. Os cálculos surgem a partir do ritmo de crescimento da empresa, que é veloz.

Se permanecer com um aumento anual próximo de 20%, a plataforma de streaming deve superar a Globo até 2022.

No Brasil, canais abertos como Record, SBT, Band e RedeTV somados já ficaram para trás, pois juntos faturam uma média de R$ 4 bilhões.

Já no faturamento da TV por assinatura, o fenômeno se repete. Há uma verdadeira sangria, visto que a TV paga foi superada pelo streaming em 2018, quando o streaming ultrapassou 10 milhões de assinaturas.

VIU ISSO?

–> Argentina cria novo imposto sobre serviços de streaming

–> Globoplay golpeia a Netflix em negociação

–> Netflix renova visual; veja como ficou

Para reagir aos ótimos resultados da Netflix, a TV Globo segue com investimentos no Globoplay.

Além das assinaturas, a marca busca faturamento também por meio da produção de séries, com parceria internacional da Sony.

A ideia é produzir tramas com aderência ao mercado internacional, onde ficarão disponíveis para distribuição por outras plataformas, até mesmo a própria Netflix.

Com informações de VEJA

Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop. E-mail: [email protected]
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários