AT&T avança com projeto de inclusão para empresários negros

Operadora americana está próxima de gastar US$ 3 bilhões com uma equipe de fornecedores pautada pela diversidade.

Logotipo da AT&T
Imagem: Flickr

Os protestos recentes podem ter sido um elemento chave para uma maior conscientização entre as empresas. Mas, a gigante operadora americana AT&T destaca que, desde 1968, possui um compromisso com a diversidade.

Ao todo, marca estimou gastar aproximadamente US$ 3 bilhões para contratar empresas fornecedoras comandadas por negros e está próxima de atingir essa meta.

A ideia é montar uma equipe de empresas contratadas pautadas pela diversidade e gerar um impacto econômico significativo. É um compromisso que perdura há quase 52 anos.

Na posição de uma companhia gigantesca e com atuação global, a AT&T pontua que utiliza sua voz e de seus funcionários para promover mudanças significativas e duradouras na sociedade.

O compromisso vai continuar e ir além de 2020, não apenas para gerar receitas em empresas comandadas por negros, mas sim para criar empregos e impacto econômico.

“Nosso compromisso em garantir que empresas com proprietários negros e outras pautados pela diversidade tenham a oportunidade de trabalhar com a AT&T é duradouro, sustentável e inabalável”, destaca Susan A Johnson, vice-presidente executiva de conexões globais e cadeia de suprimentos da AT&T.

VIU ISSO?

–> Desejada por brasileiros, a AT&T é mesmo tudo o que dizem?

–> AT&T entra no mercado de streaming com grande empolgação

–> Definido: SKY e Warner agora pertencem à mesma companhia

São iniciativas que contribuem para uma maior igualdade econômica e oportunidades sustentáveis para negros.

Para a AT&T, o objetivo é totalmente alcançável a partir do momento em que a companhia busca pelo fornecimento de construção, engenharia, tecnologia e outras áreas de empresas comandados por negros.

Com informações de PRNewswire

About Anderson Guimarães
Jornalista com seis anos de experiência em produção de conteúdo digital. Passagens por eventos nacionais, mídias sociais e agências de publicidade. Apaixonado por tecnologia e cultura pop.
Acompanhar esta matéria
Notificação de
0 Comentários
Comentários embutidos
Exibir todos os comentários